Aos 99 anos, ela já sobreviveu a uma tentativa de assassinato, a um câncer e um acidente de avião: agora ela também venceu o Covid - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Aos 99 anos, ela já sobreviveu a uma…
Uma moradora de rua é contratada em um restaurante: o vídeo a mostra pulando de alegria fora da local Um casal adota os 3 filhos de uma vizinha que morreu de câncer: um programa de TV premia o lindo gesto com um novo lar

Aos 99 anos, ela já sobreviveu a uma tentativa de assassinato, a um câncer e um acidente de avião: agora ela também venceu o Covid

Por Roberta Freitas
1.384
Advertisement

Há pessoas que trazem histórias destinadas a deixar uma marca indelével em outros seres humanos. Seja pelas suas habilidades, pelo que fizeram ou pelos acontecimentos que vivenciaram, com certeza são indivíduos a quem o destino muito deu, tornando-os exemplos de tenacidade e perseverança.

Joy Andrew com certeza é uma delas. Não poderíamos definir de outra forma a mulher inglesa que, com seus 99 anos, já conseguiu sobreviver a muitos desafios que a vida lhe trouxe. O último, em ordem de tempo, foi o do Coronavírus.

via: Daily Mail

Sobrevivência e resiliência. Essas duas palavras seriam suficientes para resumir a vida de Joy. A vida desta mulher especial decorreu durante quase um século apoiada nessas duas palavras. De origem judaica, Joy sempre foi uma pessoa aventureira. Nos anos da Segunda Guerra Mundial, ela fez parte da Força Aérea e se alistou para dar sua contribuição na luta contra o nazismo.

Não cabia a todos, na época, escolher tal "carreira" e enfrentar grandes perigos. Mas Joy não tinha medo e sobreviveu a uma tentativa de homicídio por parte de um nazista na Alemanha logo após a guerra. Isso já bastaria para descrevê-la como uma mulher heróica, um verdadeiro exemplo para muitas pessoas. Sua vida, entretanto, estava destinada a ser ainda mais agitada.

Servindo como aeromoça da British Overseas Airways Corporation, ela saiu praticamente ilesa de um pouso de emergência durante um vôo sobre o deserto e foi resgatada pelos beduínos. O câncer de mama foi então adicionado à lista de testes pelos quais essa mulher muito forte teve que passar e conseguiu superar.

Conforme mencionado, o último desafio em ordem cronológica foi justamente aquele de ter contraído o Covid-19. Não é um problema pequeno, se considerarmos quantas pessoas infelizmente estão pagando com a própria vida e quão perigoso o vírus infame pode ser na velhice. Joy, no entanto, conseguiu sobreviver, apesar de muitas previsões negativas da parte dos médicos. A princípio, de fato, sua condição parecia particularmente séria, mas no final o Coronavirus era apenas mais um inimigo a ser batido.

Advertisement

Uma mulher indestrutível, para dizer o mínimo, capaz de inspirar o mundo inteiro e de nos convencer de que, com firmeza, positividade e - por que não - um pouco de sorte, nós seres humanos, podemos realmente ser mais fortes do que aparentamos. Parabéns a Joy, heroína "imortal" e campeã da resiliência!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado