4 razões pelas quais viver na solidão não é uma sentença, mas uma maneira de aprender a se amar mais - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
4 razões pelas quais viver na solidão…
Segundo uma psicóloga, ser mãe, mas querer a liberdade que se costumava ter, é um instinto do qual você não deve ter medo Um idoso vivia sozinho e em condições lamentáveis: os vizinhos reformam sua casa, restaurando a sua dignidade

4 razões pelas quais viver na solidão não é uma sentença, mas uma maneira de aprender a se amar mais

Por Roberta Freitas
890
Advertisement

Muitos de vocês devem pensar que morar sozinho, não ter um relacionamento amoroso, começar uma vida de solteiro é necessariamente sinônimo de tristeza, uma vida em que nenhum objetivo foi alcançado ou que a pessoa não seja muito sociável, mas não é o caso. Ter uma vida totalmente independente, em que se tende a buscar a solidão em vez de multidões, a reflexão consigo mesmo ao invés de uma conversa com outras pessoas, é uma escolha, não uma condenação.

image: Pixy

Na verdade, as vantagens de preferir uma vida predominantemente solitária são muitas:

  • Não somos forçados a fazer atividades que não nos interessam: nem sempre é certo ter que satisfazer as necessidades e desejos de outras pessoas; isso não significa que devemos afastar as pessoas que nos amam, mas devemos, no entanto, garantir que nossos espaços e nossas necessidades pessoais sejam respeitados e compreendidos.
  • Não vivemos para agradar os outros: essa é obviamente a consequência de não ter que atender aos pedidos dos outros; o mais importante em nossa vida é a nossa saúde mental, nosso equilíbrio; sem esses elemento não seremos capazes de viver uma vida feliz. Portanto, convém reiterar: não se vive necessariamente para agradar os outros.
image: Me Pixels
  • Estamos cientes de que há coisas mais importantes que o amor: não acredite em todos aqueles que te dirão que uma relação amorosa, uma relação estável, um companheiro são elementos essenciais, sinônimos de uma vida perfeita, completa e de sucesso; o amor verdadeiro raramente acontece na vida, então aqueles que preferem uma vida mais reflexiva, independente ou solitária, sabem melhor do que os outros que é simplesmente mais importante amar a si mesmo primeiro e depois aos outros.
  • Viver sozinho pode te libertar: por isso a vida solitária não pode ser considerada um constrangimento ou uma condenação pela sociedade de hoje, pelo contrário, viver com independência pode nos tornar verdadeiramente livres: escolher, agir, pensar, refletir, melhorar, para realmente amarmos mais uns aos outros.

E você, prefere uma vida mais independente ou simplesmente não consegue viver sem outras pessoas?

Tags: ÚteisPsicologia
Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado