Uma criança corre o risco de perder a visão por causa de um brinquedo que usou no banho: um perigo real mas pouco considerado - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Uma criança corre o risco de perder…
Um bebê prematuro nasce após apenas 5 meses de gestação: era tão pequeno quanto um boneco do Super-Homem 15 tentativas de fazer bolos elaborados que se revelaram completamente desastrosas

Uma criança corre o risco de perder a visão por causa de um brinquedo que usou no banho: um perigo real mas pouco considerado

Por Roberta Freitas
524
Advertisement

Para uma criança pequena e para os seus pais, a hora do banho é uma rotina diária agradável e muitas vezes divertida, um daqueles momentos que pensamos que não possa trazer nenhum perigo. No entanto, como vemos com frequência, as armadilhas também podem se esconder nas situações mais inesperadas e aparentemente inofensivas.

Não poderíamos pensar de outra forma ao ler a história do pequeno Baylor, contada por sua mãe, que teve um problema que se originou logo após um banho muito normal.

Você já pensou que brinquedos de banheiro podem causar infecções perigosas? Se a resposta for não, você não está sozinho. Certamente a mãe desta criança americana não pensava que esse tipo de brinquedo fosse perigoso quando, todos os dias, fazia seu filho brincar com os bonecos de borracha e plástico enquanto ele tomava banho.

Aos poucos, porém, os brinquedos, que nunca secavam completamente, foram acumulando quantidades alarmantes de bactérias, que infelizmente acabaram causando uma infecção no olho de Baylor, problema que se agravou a ponto de quase o cegar.

O mofo e os micróbios podem ser imperceptíveis, mas mesmo assim estarem muito presentes nestes brinquedos que estão em contato constante com a umidade: por esse motivo, mesmo que sejam limpos após a utilização, é necessária a máxima atenção. "Nós o levamos para o pronto-socorro presumindo que ele tinha conjuntivite - disse ela - mas no dia seguinte seu olho estava vermelho e inchado, e a vermelhidão se espalhou para sua bochecha também".

É inútil dizer o medo que tal situação pode gerar nos pais de uma criança pequena. Baylor piorou em poucas horas, também apresentando febre alta, com o olho inchando cada vez mais. De volta ao hospital, a pobre criança foi imediatamente submetida à terapia de choque à base de antibióticos: sua infecção, que começou em um olho, tinha se espalhado para o outro e depois para todo o rosto. Felizmente, depois de um período aparentemente interminável, Baylor conseguiu se recuperar, seu olho estava curando e os médicos o declararam fora de perigo.

No entanto, ele corria sério risco de perder a visão, de acordo com o que sua mãe disse. Por isso, a mulher quis contar a sua história, alertando a todos sobre os perigos dos brinquedos de plástico de banheiro e sobre os riscos associados às bactérias que podem se acumular mesmo que se acredite que estejam limpos, causando infecções aos pequenos que os utilizam. "Melhor jogá-los fora", disse ela, e não há dúvida de que sua história nos faz pensar muito.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado