Um menino de 10 anos viaja a pé com seu pai da Itália até a Inglaterra para abraçar a sua avó - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Um menino de 10 anos viaja a pé com…
Ele tem 25 anos e ela 62: apesar dos preconceitos dos outros, são um casal inseparável O que você vê na imagem? A primeira resposta que você der pode revelar algo sobre a sua personalidade

Um menino de 10 anos viaja a pé com seu pai da Itália até a Inglaterra para abraçar a sua avó

Por Roberta Freitas
1.260
Advertisement

Caminha 28.000 km da Sicília (Itália) até Londres, Inglaterra, para poder abraçar novamente a sua avó: aquela de Romeo Cox, um menino de 10 anos, é uma história verdadeiramente incrível. Com uma pandemia global acontecendo, é cada vez mais difícil fazer sentir o nosso apoio e proximidade às pessoas que mais amamos e que, talvez, estejam fisicamente distantes da gente. Para o corajoso Romeu, abraçar sua avó se tornou uma necessidade primária e ele tentou várias vezes convencer seus pais a irem até ela. Romeo não via sua avó há cerca de um ano e meio, desde que tinha se mudado para sua nova casa em Palermo, na Itália, e o surto da pandemia não ajudou no processo. Embora seus pais o tivessem proibido de viajar devido ao perigo do Covid-19, eles concordaram em apoiá-lo em uma jornada absolutamente segura e sem perigo de Covid.

Romeo partiu a pé de Palermo com seu pai, Phil Cox, jornalista e repórter que trabalhou várias vezes em zonas de guerra, para chegar até o seu país natal, a Inglaterra, e finalmente abraçar sua avó de 77 anos. Uma viagem muito longa, de 28.000 km, na qual pai e filho cruzaram a Itália, a Suíça e a França antes de chegarem à sua cidade natal. A viagem foi cheia de mil aventuras: fizeram amizade com um burro, pararam para conversar com um número infinito de pessoas e fizeram trabalhos voluntários quando tiveram a oportunidade. Outra razão pela qual Romeo queria embarcar nessa longa jornada era arrecadar fundos para crianças refugiadas. Romeo estava muito grato ao seu melhor amigo ganense, Randolph, que o recebeu de braços abertos quando ele chegou a Palermo; Randolph e sua família foram forçados a caminhar do Gana até a Itália, cobrindo muito mais quilômetros do que Romeu e em condições muito mais extremas, sem comida ou água. Romeo gostaria de ajudar todas as crianças que passaram por uma situação semelhante, ou que a estão enfrentando. Esta viagem também é dedicada a eles.

A viagem começou no dia 20 de junho de 2020

Por mais difíceis que sejam as condições ao longo do caminho - os dois não desanimaram nem por um momento, apesar de seus pés estarem muito doloridos! Em 21 de setembro, pai e filho pisaram em Trafalgar Square, Londres. Assim que alcançaram a meta, os dois tiveram que respeitar as 2 semanas de quarentena antes de poderem atingir o objetivo final de abarçar a avó. Romeo disse que se sentia muito cansado, como se de repente tivesse 100 anos, mas ao mesmo tempo não poderia estar mais feliz do que isso. Depois de algumas semanas, Romeu finalmente conseguiu abraçar sua avó novamente, que inicialmente não tinha acreditado que seu neto seria capaz de fazer uma coisa do tipo.

Advertisement

Aquilo que fez Romeo, um menino de apenas 10 anos, pode ser de grande inspiração para o mundo inteiro!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado