Uma voluntária "adota" 14 órfãos africanos e lhes dá uma nova vida: eles são uma grande família - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Uma voluntária "adota" 14 órfãos…
Os pais de antigamente não acreditavam que estas 8 invenções fossem tão perigosas para seus filhos 20 pessoas que entraram na cozinha e fizeram desastres tão sensacionais que tiveram que ser fotografados

Uma voluntária "adota" 14 órfãos africanos e lhes dá uma nova vida: eles são uma grande família

Por Roberta Freitas
1.007
Advertisement

Quando um jovem termina a escola e, antes de iniciar um percurso universitário, decide tirar um chamado "ano sabático", uma pessoa pensaria em viagens pelo mundo, novas amizades e experiências extraordinárias e aventurosas para serem lembradas por toda a vida. Ainda assim, há quem decida tirar um ano sabático para ser voluntária, como Letty McMaster, a garota britânica protagonista desta extraordinária história de adoção.

via: The Sun UK

Letty McMaster decidiu ser voluntária na África depois de terminar seus exames de bacharelado, então ela foi para o continente africano para um período de voluntariado de um mês, que então se transformou em um ano. Sim, porque Letty não podia realmente abandonar todas aquelas crianças desabrigadas e desnutridas que ela tinha conhecido durante o voluntariado: muitas delas tinham sofrido abusos de todos os tipos e tinham sido forçadas a vagar e viver nas ruas sem ter comida, cuidados e afeição.

Por isso Letty decidiu estender sua estadia na África.

Quando a menina britânica descobriu que muitas dessas crianças do orfanato também estavam sendo maltratadas e não podiam se alimentar, Letty decidiu ficar mais tempo e fundar uma instituição de caridade chamada Street Children Iringa, onde algumas das crianças carentes do lugar seriam cuidadas, assim que o orfanato onde estavam fechasse.

Primeiro a instituição acolheu 9 crianças do instituto, depois mais 5: no total esta "casa de família" acolhe e alimenta 14 crianças pobres, órfãs e sem-teto da África, e agora Letty não é mais apenas sua tutora, mas quase uma segunda mãe para eles: "Eu sou a figura dos pais na casa - algumas das crianças que nunca tiveram um pai me veem como sua mãe, mas a maioria me vê mais como uma irmã mais velha, já que não sou muito mais velha do que alguns deles".

Advertisement

Letty mora em Iringa, no estado africano da Tanzânia, nove meses por ano; ele passa os meses restantes no Reino Unido, onde continua a arrecadar fundos e aumentar a conscientização pública sobre a utilidade de sua missão na África; a jovem explica: "Quando voltam da escola, todos eles têm suas próprias histórias para compartilhar e o dever de casa, treinamento de futebol e compromissos musicais. É uma casa de família por completo."

Uma instituição de caridade que ao longo do tempo se tornou uma verdadeira família graças ao esforço e rara sensibilidade desta voluntária inglesa que imediatamente levou a sério os destinos destes jovens, mudando-os para melhor e afastando-os das ruas. Parabéns por tudo que você faz e continua fazendo por eles, Letty!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado