Dois jovens com o mesmo tipo de câncer acabam se apaixonando: juntos lutam com determinação contra a doença - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Dois jovens com o mesmo tipo de câncer…
15 bolos de aniversário que saíram tão mal que deveriam ser recompensados ​​com uma Árvores de Natal de contos de fadas: 20 propostas, cada uma mais bonita que a outra, para decorá-las com gosto e imaginação

Dois jovens com o mesmo tipo de câncer acabam se apaixonando: juntos lutam com determinação contra a doença

16 Novembro 2020 • Por Roberta Freitas
3.245
Advertisement

Foi definida "a doença do século" por muitos. Ano após ano, mais e mais jovens adoecem com formas cada vez mais raras de câncer, um problema de saúde global que não afeta mais só as pessoas com mais de 50 anos. Certamente uma condição rara para os muito jovens, mas que quando ataca deve ser enfrentada com muita coragem e força interior. Uma força que nunca abandonou os dois protagonistas desta bela história de amor...

via: People
image: Twitter

Molly foi diagnosticada com leucemia mieloide aguda em abril de 2019 aos 20 anos; a garota de Hackettstown, New Jersey, portanto, sofria de uma forma rara de câncer que afetava o sangue e a medula óssea. Uma situação muito complexa para uma garota de sua idade, mas que acabou por ficar menos difícil de ser enfrentada no momento em que conheceu Ryan, um garoto de sua idade.

Ryan também sofria da mesma forma de leucemia e era um ex-atleta universitário. Ela ficou sabendo da sua condição quando um amigo em comum mostrou um artigo sobre o assunto; Molly sabia que precisava absolutamente entrar em contato com aquele garoto.

image: Twitter

Assim, estimulada por seus amigos, Molly contatou Ryan e ele concordou em se encontrar com ela; no início nasceu uma doce amizade, que aos poucos se transformou em algo mais: uma linda história de amor contra todo o azar.

Embora os dois jovens sofressem dessa doença rara, eles não desanimaram e encontraram conforto nos braços um do outro: "Todo mundo vê o câncer como uma doença terrível, da qual não pode resultar nada de bom, daí vem algo como o nosso relacionamento e nós dois vencendo o câncer, é uma espécie de flor que cresce no meio do concreto".

Advertisement
image: Twitter

Embora eles tenham se conhecido porque foram diagnosticados com o mesmo câncer, essa não é a única razão pela qual Molly e Ryan estão tão bem juntos. Os dois são realmente duas almas muito semelhantes que se conheceram quase por acaso, e que agora vivem um belo conto de fadas, apesar de sua condição complexa: "Temos uma quantidade enorme de semelhanças. A forma como nos conhecemos não é uma das coisas mais importantes que temos em comum. Podemos nos relacionar, somos ambos atletas, ambos estamos motivados, ambos trabalhamos para vencer a doença", disse Ryan.

Molly também pensa o seguinte: "É uma conexão fantástica, mas realmente tentamos enfatizar que foi isso que nos uniu e foi como nos conhecemos, mas o câncer não define exclusivamente nosso relacionamento. Não somos " o casal com câncer", somos um casal fantástico e aconteceu de nos encontrarmos em tal situação".

image: Twitter

A bela história de amor que floresceu entre Molly e Ryan nos ensina mais uma vez que mesmo a mais bela e mais rara flor pode nascer em uma tempestade, e que a tragédia também pode ser o motor para construir algo lindo.

Fazemos votos que você tenham uma vida maravilhosa juntos, Molly e Ryan!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado