Duas crianças escapam de supostos sequestradores graças ao conselho simples de sua mãe - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Duas crianças escapam de supostos sequestradores…
21 pessoas que decidiram pedir aos seus cabeleireiros cortes de cabelo muito bizarros 16 fotos de crianças criativas que receberam mais do que um sorriso dos pais

Duas crianças escapam de supostos sequestradores graças ao conselho simples de sua mãe

30 Novembro 2020 • Por Roberta Freitas
3.084
Advertisement

A segurança de nossos filhos é certamente um tema muito importante para nós e que tem prioridade absoluta. Sabe quando as crianças são advertidas com frases como "não fale com estranhos"? Na verdade, ao acreditar que está fazendo o bem, você está cometendo um erro. Por quê? Porque um dia seus filhos podem precisar recorrer a um estranho, um policial, por exemplo, para pedir ajuda. Em vez disso, o que você deve ensinar a seus filhos é como reconhecer e se defender contra estranhos que podem realmente representar uma ameaça para eles. Jodie Norton, mãe de 4 filhos, sabe o que tudo isso significa e quis compartilhar essa história, vivida em primeira mão por seus 2 filhos mais velhos, para alertar todos os pais do mundo.

Jodie Norton estava no banho às 8h30, quando sentiu uma dor repentina na barriga que a deixou tonta e nauseada no momento. De alguma forma, ela conseguiu se vestir, reunir seus 4 filhos e dirigir até o pronto-socorro mais próximo, a apenas 5 minutos de casa. Com a cabeça fria, Jodie percebeu como tinha sido imprudente ao dirigir com tanta dor que certamente deveria ter chamado uma ambulância! Em todo caso, assim que chegou, entrou levando consigo os 2 filhos mais novos e deixando os mais velhos (um de 10 e o outro de 8) do lado de fora da porta do pronto-socorro, esperando que o vizinho fosse buscá-los para levá-los à escola. Na ocasião, a mulher presumiu que a vizinha demoraria 5 minutos para chegar, justamente porque a distância de casa era mínima, mas se enganou. As crianças esperaram 40 minutos até que essa pessoa as levasse para a escola e, é claro, tiveram uma experiência potencialmente perigosa que, graças a Deus, acabou bem.

image: Pexels

Enquanto CJ, 10, e T-Dawg, 8, esperavam pacientemente em um banco fora do hospital, uma mulher e dois meninos se aproximaram deles com um pedido estranho: "Há um amigo nosso que está trancado no banheiro do hospital, vocês poderiam convencê-lo a ir embora? Ele precisa ser tratado". O mais velho, CJ, recusou "gentilmente" três vezes o pedido de socorro dos três suspeitos, seguindo o seu instinto e fazendo o que a mãe sempre lhe ensinara, dizer: "Não, obrigado". Depois de um tempo, felizmente, o vizinho chegou para buscar os meninos; enquanto se preparavam para entrar no carro, viram outro menino sair do hospital e se juntar aos outros bandidos. Pouco depois, os 4 supostos criminosos desapareceram no carro. A mãe dos dois filhos ficou sabendo de toda a história apenas à tarde, quando voltaram da escola e ficou profundamente chocada, embora feliz por tudo ter acabado bem. CJ confirmou suas suspeitas: "Achei que fossem pessoas com quem não deveríamos falar porque pediram ajuda. Nenhum adulto honesto pede ajuda a crianças". Felizmente, os ensinamentos foram entendidos.

Todo pai deve educar seus filhos neste sentido, em vez de apenas sobrecarregá-los com ansiedades e medos.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado