Todos os dias, ele caminha 6 km com seu avô para ir para a escola: no dia da formatura, ele chora lágrimas de alegria - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Todos os dias, ele caminha 6 km com…
Aos 69 anos ela estava cansada da sua aparência e quis mudar o visual, então o cabeleireiro fez dela uma verdadeira princesa Gosto não se discute: 15 achados da moda que nos deixaram um tanto perplexos

Todos os dias, ele caminha 6 km com seu avô para ir para a escola: no dia da formatura, ele chora lágrimas de alegria

11 Fevereiro 2021 • Por Roberta Freitas
3.832
Advertisement

Se você tem a "infelicidade" de nascer em um país particularmente pobre ou em uma família que vive bem abaixo da linha da pobreza, a única arma realmente eficaz para mudar seu status é uma boa educação. Efraín Delgado é um menino de 11 anos de uma zona rural da Argentina que finalmente concluiu o ensino fundamental, apesar das óbvias dificuldades para chegar ao complexo escolar. O menino fica aos cuidados do avô e, juntos, caminham todos os dias 6 km para chegar a tempo na escola. Efraín nunca faltou aula e a sua determinação e sacrifícios são um exemplo para todos.

O jovem estudante mora em uma zona rural da Argentina, mais exatamente em Pampa del Indio, um povoado da província de Chaco, no norte do país. Efraín foi imortalizado em uma foto muito emocionante, que deu a volta ao mundo: o jovem recebeu seu diploma do ensino fundamental e não conseguiu conter as lágrimas de alegria. Durante a pequena festa de final de ano, o professor Hugo Baricheval entregou o pergaminho a Efraín, acompanhado de seu avô, que começou a chorar. Até o avô, comovido, cobriu o rosto com a mão na frente da câmera.
image: Anita Artaza

Hugo Baricheval, o professor Efraín, contou a história por trás daquela foto muito importante: “Alcançar este resultado custou muito a Efraín. Ele vem de uma família muito humilde. Sua mãe o deixou aos cuidados de seu avô desde pequeno, junto com sua irmã Celeste. Ela também estuda nesta escola, mas tem mais sorte porque ganhou uma bicicleta para vir para a escola”. Vencer a pobreza nesta região é uma tarefa muito difícil e Baricheval também insiste sobre as doações: “Também precisaríamos de doações de roupas, por exemplo”.

Esperamos que os sacrifícios de Efraín sejam um exemplo para todos aqueles que precisam de um impulso extra em termos de determinação!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado