Aos 25 anos, ele tem 6 diplomas universitários e deixa uma mensagem para os jovens: "Não se coloque limites" - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Aos 25 anos, ele tem 6 diplomas universitários…
A noiva não quer cuidar dos filhos do futuro marido: ele a abandona e cancela o casamento Cachorro foge de casa por causa dos fogos de artifício: às 3h da manhã volta para a casa e toca a campainha

Aos 25 anos, ele tem 6 diplomas universitários e deixa uma mensagem para os jovens: "Não se coloque limites"

19 Julho 2021 • Por Roberta Freitas
1.776
Advertisement

Seis diplomas aos 25 anos é um recorde que, certamente na Itália, o jovem Samuele Cannas foi o primeiro a alcançar. Seu objetivo, no entanto, certamente não era quebrar nenhum recorde, mas atingir a meta que havia estabelecido para si mesmo. O jovem Samuele acaba de se formar em medicina com notas máximas e menções honrosas, mas até o final de 2021 também irá terminar outras graduações. Então, até o final do ano, Samuele terá seis diplomas a serem incluídos em seu currículo incrível! Mas como ele conseguiu estudar tanto? Foi tudo graças à sua curiosidade e determinação, mas ele aproveitou a interdisciplinaridade para montar as peças de um puzzle que lhe parecia natural terminar. Por isso, depois de ter se formado em medicina, ele também quis estudar engenharia, pois no curso de medicina não havia nenhuma base em matemática que ele considerasse fundamental para traduzir a robótica para o campo cirúrgico.

Samuele não quer só bater recordes, mas tem uma verdadeira curiosidade que põe à disposição dos outros: o jovem quer dar a sua contribuição na medicina, em particular traduzindo o uso da robótica na cirurgia abdominal, mais especificamente no pâncreas e no fígado. Para isso, compreendeu como era importante não se limitar ao seu próprio campo de estudo: “Comecei meu caminho com a medicina e percebi que algumas habilidades não estavam presentes, como a matemática, que são fundamentais para traduzir a robótica para o mundo do campo cirúrgico. Então, quase por diversão, junto com meu amigo Giulio De Angeli, comecei a fazer exames extracurriculares para aprofundar essas habilidades”. Moral da história, em poucos anos Samuele já havia concluído os exames não só de medicina, mas também de outros cursos de graduação. Por isso, depois de formado em medicina pela Universidade de Pisa, se prepara também para cursar biotecnologia, engenharia biomédica, biotecnologia molecular e o mestrado em ciências médicas. Em 2017 já havia se formado em piano no Conservatório de Cagliari. Também nesse caso, é claro, foi um diploma obtido com nota máxima.

Ele está convencido de que não conseguiu um feito excepcional: "Acho que os únicos limites são aqueles que nós mesmos estabelecemos. Todos devem ter clareza sobre seu objetivo e encontrar a melhor maneira de alcançá-lo". Ele fez isso, claramente se perguntando o que precisava para aplicar a robótica à medicina, e agora está pronto para continuar estudando e trabalhando neste mundo. Já recebeu ofertas de emprego da Suíça, Reino Unido e Estados Unidos, mas seja qual for a sua decisão, espera poder regressar para a Itália depois de concluir os estudos.

A mensagem que ele tem para jovens como ele é tão simples quanto motivadora: “O número de diplomas não é importante, o objetivo é o importante. Esta é a mensagem que gostaria de passar aos outros jovens: não se coloque limites, siga os seus sonhos e não desista".

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado