Uma mãe encontra sua filha 70 anos após o parto: as enfermeiras tinham dito que ela estava morta - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Uma mãe encontra sua filha 70 anos…
Esta menina tem apenas 8 semanas, mas parece responder à sua mãe com um Após 19 abortos espontâneos, ela deu à luz a um bebê enorme: ao nascer, pesava mais de 6 kg

Uma mãe encontra sua filha 70 anos após o parto: as enfermeiras tinham dito que ela estava morta

25 Outubro 2021 • Por Roberta Freitas
1.831
Advertisement

Disseram a ela que o bebê havia morrido no momento do parto, mas isso não era verdade. Graças ao teste de DNA, essa senhora descobriu que tinha uma família que nunca tinha tido a oportunidade de conhecer. Passados ​​70 anos, mãe e filha voltaram a se abraçar e agora têm a oportunidade de reconstruir uma vida inteira que lhes foi roubada.

A história, que comoveu muitos usuários, se tornou viral e foi divulgada por muitos programas de notícias nacionais. Aqui está o que aconteceu...

via: NT Times

Genevieve Purinton, 88, thought she had no living children — then she learned the daughter she was told had died at birth had in fact survived and been given up for adoption.

Pubblicato da The New York Times su Domenica 9 dicembre 2018

Era 1949 quando a Sra. Purinton deu à luz sua filha em Gary, no Indiana (EUA). Mas quando ela pediu para ver o bebê, recebeu uma notícia trágica: a criança tinha morrido no parto. “Pedi para ver o bebê e eles me disseram que ela estava morta - é tudo que me lembro”, disse ela à mídia local. Claro, a Sra. Purinton era uma jovem com muitos problemas pessoais na época. O golpe, provavelmente arquitetado por sua família de origem, nunca foi revelado a ela.

Com o tempo, a Sra. Purinton viveu uma vida sem outros filhos ou outros casamentos estáveis. Depois que seus pais e depois seus irmãos faleceram, a Sra. Purinton foi deixada completamente sozinha. Até que...

... sua filha, Connie Moultroup, - agora uma adulta - que mora em Santa Bárbara, Califórnia, fez um teste de DNA. Connie então descobriu suas origens e, após uma pesquisa completa, foi capaz de rastrear sua mãe verdadeira. Ao mesmo tempo, a vida de Connie também não tinha sido fácil.

Em Santa Bárbara, Califórnia, Connie Moultroup perdeu sua mãe adotiva quando tinha cerca de 4 ou 5 anos de idade. Seu pai se casou novamente e a vida de Moultroup mudou com a mesma rapidez. Quando seu pai morreu na adolescência, ela foi deixada sob os cuidados nada amorosos de sua madrasta.

Advertisement

Uma infância difícil...

Talvez tenha sido essa infância infeliz que levou Connie a sempre fantasiar sobre essa mãe biológica desaparecida.

“Tinha um sonho recorrente quando criança”, disse Connie na TV. “Sonhava com essa mãe linda que vinha me buscar, me salvar e me levar embora com ela. Algo que, infelizmente, nunca aconteceu".

Porém, graças a este teste que lhe foi dado pela filha - uma das netas da Sra. Puriton - Connie agora tem uma mãe que pode abraçar, recriando uma família que estava dispersa. O encontro entre mãe e filha foi documentado pelos netos que postaram esta história online com o objetivo de comover milhares de pessoas.

Em suma, uma história emocionante com um final feliz que aquece os nossos corações.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado