"Odeio ser pai, não suporto minha filha e se pudesse nunca mais a veria" - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
"Odeio ser pai, não suporto minha filha…
Esta garota consegue se transformar em outra pessoa graças às suas habilidades como maquiadora Adota uma garotinha e quando descobre que seus pais biológicos são sem-teto, ela os recebe em sua casa

"Odeio ser pai, não suporto minha filha e se pudesse nunca mais a veria"

11 Maio 2022 • Por Roberta Freitas
2.725
Advertisement

Tornar-se pai não é nada fácil. Tal escolha deve ser discutida, planejada e, sobretudo, 100% desejada para o próprio bem do pai e também dos pequenos. Se você não está totalmente convencido de que deseja ter um filho, é sempre aconselhável adiar. Talvez todas as experiências que uma pessoa quer e pode fazer antes de se tornar pai ainda não tenham se esgotado ou simplesmente não se sinta pronto ainda. Seja qual for o motivo, tal passo deve ser dado com consciência e sem pressa, para poder se tornar concretamente um ponto de referência para a criança.

Infelizmente, esse não é o caso do pai que é o protagonista desta história. Ele, um homem de 31 anos, tem sentimentos contraditórios em relação à sua filhinha. De fato, em um post no Reddit, ele chegou a dizer: "Não a suporto! Se dependesse de mim, nunca mais a veria". Mas vamos contar melhor os motivos que o levaram a dizer essas palavras.

via: Reddit

O homem, originário do Reino Unido, começou sua história dizendo que tem uma boa posição econômica, um emprego satisfatório, que tem casa própria e, portanto, não tem problemas diários sérios e preocupantes. A única desvantagem em uma vida tranquila e pacífica? Sua filha.

Não planejada, a garotinha simplesmente não parece ter caído nas graças de seu pai. "Eu imediatamente entendi que não era para mim. - escreveu o homem - Assim que ela nasceu senti que algo estava errado. Tentei de todas as maneiras ser um bom pai, tentei amá-la, tentei aproveitar o relacionamento com ela e apoiá-la. A verdade é que não posso. Faça o que fizer, odeio ser pai."

De acordo com o que transparece de seu discurso, nem mesmo sua parceira se sente tão bem em ser mãe. Não é uma confissão que ela fez diretamente ao parceiro, mas ele percebe e tem certeza de que os sentimentos são muito parecidos com os dele. "Nós não somos maus pais, não me entenda mal. Tentamos fazer com que não falte nada a ela e estamos perto dela, mas é muito estresse para nós. Uma situação enorme na qual nunca quisemos estar" - escreveu novamente o autor do post.

Tudo isso também resultaria em parte do caráter incontrolável da criança e de seu comportamento mas, como ele mesmo escreveu, não era nisso que ele queria se concentrar. O conselho que ele pede aos usuários está estritamente relacionado aos sentimentos negativos que o fato de ter se tornado pai causou.

Advertisement

"Todos os dias sinto falta da minha antiga vida, sou muito infeliz. Era calmo, acordava sempre olhando para o amanhã, planejava tudo junto com minha companheira, agora não mais. - escreveu novamente nosso protagonista - Não fazemos nada além de ansiar pela segunda-feira. Sim, o início da semana, porque sabemos que por um tempo não ouviremos choro, gritos e não teremos que lutar com seus caprichos. Sabemos que a garotinha não percebe nada e certamente não é culpa dela que temos esse mal-estar, mas é assim e temos que lidar com isso".

Em tudo isso, os respectivos pais dão a sua contribuição para fazê-los descansar de vez em quando, mas nunca parece ser suficiente. "Sei que é difícil de ler e aceitar, - continua o desabafo de um homem destruído - mas se dependesse de mim eu nunca mais veria minha filha. Não que eu queira abandoná-la, veja bem, eu nunca vou deixar que falte nada a ela e farei todo o possível para fazê-la feliz. Só estou dizendo que se pudesse voltar atrás, faria uma escolha diferente e nunca daria à luz um filho".

Por mais que ele tente fazer as coisas serem diferentes a cada dia, esse pai sente que nada e ninguém jamais o fará mudar de ideia sobre isso. Talvez apenas a filha um dia, e apenas no caso de ela ficar um pouco mais gentil, mais prestativa e quieta.

Palavras muito duras, se pensarmos que elas saem da boca dos pais. O que você acha?

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado