Revela para a filha que odiou o período da gravidez: "eu errei em dizer isso a ela?" - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Revela para a filha que odiou o período…
Adotado ainda criança, anos depois descobre que seu colega de trabalho é na verdade seu pai biológico (+ VÍDEO) Estaciona em um local reservado e insulta uma bombeira: ela destrói o carro dele durante um treinamento

Revela para a filha que odiou o período da gravidez: "eu errei em dizer isso a ela?"

14 Maio 2022 • Por Roberta Freitas
254
Advertisement

Desejar um filho e estar grávida de fato envolve algumas diferenças: uma coisa é o desejo da maternidade, outra é lidar com a gravidez e todos os sintomas que se seguem. Há mulheres que odeiam esse processo, enquanto outras parecem entusiasmadas com isso. Não existe “certo ou errado” nesses casos, pois depende simplesmente das experiências diferentes vividas por pessoas diferentes. Uma mulher, por exemplo, se viu em apuros depois de confessar à filha, uma jovem de 28 anos, que não havia vivido a gravidez com segurança. A confissão não pretendia implicar que a filha não era desejada, mas que todos aqueles 9 meses e o nascimento em si foram particularmente cansativos para ela. A filha, porém, não entendeu dessa forma.

via: Reddit

Essa mãe teve duas gestações, a primeira filha, hoje com 28 anos, e o segundo filho; ambos eram filhos desejados, mas isso não significa que suas gestações tenham sido desagradáveis. Anos depois, sua primeira filha ficou grávida e estava extremamente animada em se tornar mãe. Mesmo antes de dar à luz, ela já tinha comprado roupas e produtos essenciais e muitas vezes compartilhava os momentos interessantes de sua gravidez com a mãe. A mesma mãe relatou que tinha um ótimo relacionamento com a filha e nunca teve problemas... até que revelou a ela que literalmente odiou todo o período de sua gravidez.

"Uma coisa que minha filha comprou foi um daqueles livros para colocar fotos de lembrança para as crianças e ela já começou a preenchê-lo, incluindo algumas fotos de sua barriguinha e algumas ecografias. Por diversão, ela pegou os livros de criança que eu tinha feito, tanto para ela quanto para o seu irmão mais novo, e folheamos eles para mergulhar nas lembranças do passado. Nos dois livros, comecei na fase neonatal. As páginas referentes a "20 semanas" e "primeira ecografia" etc., estavam vazias para os dois. Minha filha perguntou o porquê, ela sempre achou que tinha sido a falta de tecnologia da época."

Foi nesse momento que sua mãe lhe revelou o quanto odiou o período dos 9 meses: "Me assustava e eu estava sempre ansiosa, e não queria nenhuma lembrança daqueles momentos. A gravidez e o parto me aterrorizavam, mesmo para seu irmão mais novo quando eu já tinha tido minha primeira experiência. Eu também expliquei a ela que eu estava tão feliz em vê-la tão entusiasmada, porque eu não queria que ela se sentisse como eu".

As palavras da mãe, no entanto, tiveram o efeito oposto na jovem, que franziu a testa e conteve o entusiasmo até se despedir da mãe para ir para casa. Poucas horas depois, o genro telefonou para a mãe, dizendo que a filha estava muito triste com as coisas que tinha dito naquele dia.

"Aparentemente, eu a fiz se sentir indesejada, como se ela fosse um fardo para carregar", disse a mãe, "fiquei chocada ao ouvir essas palavras, porque era o oposto de como eu me sentia e disse isso ao meu genro. Eu expliquei que amo muito minha filha (e seu irmão) e que não os trocaria por nada no mundo. Não gostava de estar grávida, mas isso não significa que minha filha não fosse desejada. Meu genro entendeu, mas disse que minha filha está brava comigo”.

O que você acha disso? Foi certo ou errado a mãe contar seus sentimentos à filha durante a gravidez?

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado