Depois de perderem a filha recém-nascida, eles querem mostrar para todos os perigos de uma prática muito comum - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Depois de perderem a filha recém-nascida,…
As pessoas canhotas tendem a ser mais inteligentes: um estudo confirma Mordida de víbora: o que fazer e o que não fazer se você não tem conhecimentos médicos

Depois de perderem a filha recém-nascida, eles querem mostrar para todos os perigos de uma prática muito comum

32.828
Advertisement

Essa triste história vem dos Estados Unidos, onde um pai teve a coragem de enfrentar a morte de sua filha, para evitar outras possíveis tragédias. Através de um post no Facebook, o jovem pai falou sobre uma pequena precaução que você deve necessariamente ter quando entra em contato com bebês tão pequenos. No final do artigo você pode encontrar o post original com a foto da pequena Mallory.

Jeff e Natasha são um jovem casal americano que, como muitos outros, descobriu de esperar uma filha. Isso obviamente encheu seus corações de alegria, a possibilidade de criar sua própria família e passar uma vida juntos os deixou entusiasmados. Após o nascimento da criança, essas expectativas diminuíram lentamente diante de uma tragédia inesperada. A pequena Mallory morreu depois de apenas três semanas de vida, devido à febre alta e uma doença contraída durante a primeira semana.

A dor e desconforto dos dois pais foi e ainda é enorme, o mal que tirou a filha deles agiu rapidamente e não deixou o tempo necessário para os médicos intervirem. A dor de Jeff e Natasha também se transformou em raiva quando eles souberam o que havia matado Mallory.

Em um post publicado no Facebook, após cerca de um mês de doloroso silêncio por parte dos pais, Jeff Gober, resolveu contar a todos o que aconteceu com a criança; o que a matou e o os cuidados que quem acaba de ter um bebê deve ter. No post, o homem evidentemente cheio de pelo incidente, adverte os futuros pais, sobre um fato que muitas vezes é negligenciado, que é a importância de lavar as mãos.

Um bebê recém-nascido tem a imunidade muito baixa, basta uma doença da qual muitos de nós somos portadores, mas não manifestamos os efeitos, tal como a herpes, para infectar e fazer com que um bebê fique doente. E foi o vírus HSV-1 a matar Mallory, uma forma muito comum de herpes labial, 67% da população mundial é afetada, mas nem todos eles mostram os efeitos. Para uma criança de apenas três semanas pode ser letal, mas como este tipo de vírus pode ser contraído?

Geralmente estas doenças são transmitidas através de beijos, mas este não é o caso da criança. Mallory certamente contraiu o vírus através das mãozinhas que ela colocava na boca, que foi foi transmitido através das mãos de alguém que a tocou. Por essa razão, o pai enfatiza a importância de lavar sempre as mãos, antes de entrar em contato com uma criança. É essencial fazer isso antes de pegá-lo, ou antes de tocar as mãos do pequeno, porque o que é inofensivo para nós pode ser letal para ele.

Aqui está o post original do pai, que queria publicar este post para avisar futuros pais ou mães, sobre a importância e  que deve ser dada a este ato tão simples. Esperamos que esta iniciativa possa evitar outras mortes devido ao mesmo problema.

Advertisement

I’ve been pretty silent since Mallory’s death. It’s taken me over a month now to write this, but if any good can come...

Pubblicato da Jeff Gober su Giovedì 8 febbraio 2018
Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado