A hipocrisia dos invejosos: desejo que você esteja bem, mas não melhor que eu - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
A hipocrisia dos invejosos: desejo que…
A gota d'água: como gerenciar a exaustão nervosa Esta mulher atravessou meio mundo para encontrar o cachorro que salvou sua vida

A hipocrisia dos invejosos: desejo que você esteja bem, mas não melhor que eu

Por Roberta Freitas
1.969
Advertisement

Há pessoas que desprezam profundamente quem é melhor que elas; muitas vezes não se limitam a críticas, mas implementam estratégias reais de boicote, para tirar o que os outros tiverem a mais do que elas.

Muito provavelmente você terá em mente o nome de uma pessoa que corresponda exatamente a essa descrição. Bem, você deve saber que na psicologia esse tipo de comportamento é chamado de Síndrome de Procusto: aqui está como reconhecer quem tem essa síndrome e como administrá-la.

Intolerância e puro egoísmo é o que move aqueles que sofrem da Síndrome de Procusto a odiar o outro que se saiu melhor do que ele. Eles não aceitam a possibilidade de perder ou dar espaço àqueles que são mais talentosos do que eles próprios e muitas vezes não se limitam ao desprezo: eles acreditam que é inteiramente legítimo agir por "vingança" e tentar levar a pessoa que invejam ao fracasso.

Para aqueles que sofrem da Síndrome de Procusto, não há nada pior do que ser superado em algum aspecto, por mais insignificante que seja.

Procuste era o nome do personagem da mitologia grega, que tinha uma taverna: ali ele recebia viajantes fazendo-os sentar em uma cama e depois punia aqueles que eram muito mais altos ou muito mais baixos do que cama: na verdade, Procuste tinha duas camas de tamanhos diferentes, e pensava com antecedência sobre qual delas acomodar os clientes, a fim de garantir a punição em qualquer caso.

Os Procrustes modernos podem ser encontrados em qualquer área da vida: no esporte, no trabalho e na família. São aquelas pessoas que estão constantemente frustradas e que não conseguem nem aproveitar o sucesso dos outros.

Reconhecer quem sofre da Síndrome de Procusto é fácil: muitas vezes, eles não são as pessoas mais qualificadas de um ambiente, por isso temem aqueles que conseguem se sobressair mais do que eles. Quando isso acontece, eles implementam estratagemas para impedir o outro de ter sucesso ou mesmo apenas para humilhá-lo e minar sua auto-estima, de modo que a pessoa não seja mais uma ameaça.

São pessoas frustradas, com baixa autoestima ou, ao contrário, um enorme ego que os leva a não aceitar que alguém lhes roube a atenção. Eles se apresentam como sociáveis ​​e capazes de trabalhar em grupos, mas é apenas para esconder sua sede de controle, seu egocentrismo e sua rigidez de pensamento.

Lidar com Procrustes pode ser muito difícil, porque eles agem sutilmente, fingindo ser pessoas magnânimas. A melhor estratégia para implementar com esse tipo de pessoa é a distância: ficar perto deles pode significar sofrer com o assédio, com seus truques e ver sua autoestima ser sugada.

No mundo, cada um de nós tem um lugar onde pode se destacar. A competição é saudável e lucrativa, mas somente quando você está disposto a aceitar a derrota e a vitória de outra pessoa, e talvez usar o pretexto para melhorar a si mesmo, enquanto deixa os outros seguirem seu próprio caminho.

Tags: ÚteisPsicologia
Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado