Este cachorro foi abandonado na estação de trem junto com uma mala com os seus objetos preferidos - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Este cachorro foi abandonado na estação…
Fique atento a não dizer estas 5 coisas na frente das crianças Quando alguém te evita tente ficar longe e você terá benefícios: palavra da psicologia

Este cachorro foi abandonado na estação de trem junto com uma mala com os seus objetos preferidos

14.475
Advertisement

Na Grã-Bretanha, as notícias sobre Kai, o cachorro abandonado na estação de trem na Escócia, com uma mala cheia de suas coisas favoritas, tiveram um forte eco. Uma história cheia de mistérios que, no final, foram revelados e resolvidos. Infelizmente, nunca foi possível descobrir quem tinha sido o seu proprietário, mas não importa a essa altura: Kai encontrou uma casa acolhedora e alguém para cuidar dele. A história dele não é simples, mas tentaremos contar para você o que aconteceu com este cachorrinho.

Kai estava amarrado com uma coleira a uma grade da estação, para que ele não pudesse escapar ou fugir daquela situação; ao lado, ele também tinha uma mala cheia de coisas - seus itens favoritos, com os quais ele geralmente gostava de brincar. Sem ninguém para cuidar dele, o filhote de Shar Pei estava completamente sozinho e impotente. Felizmente, não demorou muito para que a SPCA (Society for the Prevention of Cruelty to Animals) da Escócia o encontrasse. Kai foi resgatado e tratado temporariamente pela SPCA.

O cão possuía um microchip, do qual era possível obter informações em sua conta, como o nome e outros dados. Assim, os voluntários da organização descobriram que o cão tinha alguns problemas médicos e que, provavelmente, o proprietário anterior tinha maltratado Kai. Na Escócia, abandonar um animal é um crime e, portanto, a polícia está buscando seu antigo dono. Graças ao microchip, a polícia chegou ao primeiro proprietário de Kai, que o havia vendido a um homem em 2013 - ele não fazia ideia do que tivesse acontecido com o filhote depois que o vendeu e não tinha as informações de contato do comprador.

Advertisement

Parece que esse comprador tentou vender o cachorro a uma mulher, através de um site. O homem se encontrou com a mulher na estação de Ayr, com um pedido de £ 400. A venda não teve êxito porque a imagem no site que a mulher estava vendo não era a de Kai. A mulher imediatamente suspeitou do homem e pediu permissão para levar o cachorro para passear. Em resposta, o homem disse a ela que queria uma garantia de £ 150, caso ela não tivesse mais voltado. 

"Eu disse que queria passear com o cachorro, então ele me pediu um depósito de £ 150, caso eu não voltasse. Então eu o vi fugir no carro. Liguei para ele e disse: 'É melhor você voltar para pegar seu cachorro de volta. "Mas ele nunca apareceu."

A mulher, agora sozinha com um cachorro que não era dela e que não era o que ela esperava comprar, não tinha ideia do que fazer e começou a entrar em pânico. Para piorar a situação, havia o fato de que a mulher tinha absolutamente que ir rapidamente para casa, para cuidar de sua filha, porque a criança sofria de asma e o último trem para sua cidade natal estava prestes a sair da estação.

Então, em pânico e com pressa de alcançar a filha, a mulher deixou o cão amarrado a um corrimão na estação de trem, com uma mala ao lado com os objetos favoritos de Kai. A mulher então relatou a um membro da equipe do trem que o que ela estava deixando não era seu cachorro. Assim, se explicou o mistério do abandono de Kai.

O problema é que Kai precisava urgentemente de uma cirurgia, porque suas pálpebras estavam curvadas para dentro. A operação custaria mais de mil libras, de modo que os socorristas do pobre cachorro não tinham certeza de como pagar por essa despesa. No entanto, a SPCA pode contar com uma comunidade muito forte, que inclui o mundo inteiro, não apenas a Escócia, e assim conseguiu financiar a intervenção. Em apenas 24 horas, estranhos de bom coração e pessoas generosas doaram um total de mais de 2.500 libras esterlinas.

A operação correu bem e Kai voltou à forma. O Shar-Pei ficou famoso em toda a Escócia e centenas de pedidos de adoção chegaram para ele.

Advertisement

Eventualmente, os socorristas decidiram confiar o cão a Ian Russell, 52 anos, um engenheiro hidráulico que, após a morte de seu dálmata, queria preencher o vazio que seu cão havia deixado. O homem se considera muito afortunado por ter sido escolhido para a adoção, entre muitos outros cidadãos.

Agora, a esperança é que Kai e seu novo dono possam desfrutar dos próximos anos felizes e em paz.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado