Depois de um grave acidente de carro, o cachorro cuidou de seu dono por 40 horas até que chegasse o socorro - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Depois de um grave acidente de carro,…
A pasta de dente causou uma violenta reação alérgica: uma menina de 11 anos perde a vida escovando os dentes Quando colocadas na máquina de lavar roupas, estas florzinhas capturam os pelos dos animais que ficaram nas roupas

Depois de um grave acidente de carro, o cachorro cuidou de seu dono por 40 horas até que chegasse o socorro

Por Roberta Freitas
4.266
Advertisement

O mundo está cheio de cães corajosos e humanos que precisam ser salvos. Um cão sabe demonstrar afeição e devolver todo o amor que recebeu de seu dono. Sabe-se, então, que os cães são capazes de perceber, melhor do que nós, seres humanos, situações perigosas e, muitas vezes, tentam nos alertar sobre certas circunstâncias.

Sako é um pastor alemão preto muito inteligente que literalmente salvou a vida de seu dono Joseph, de 16 anos, que estava no carro com uma tia, um primo e um amigo, no que parecia ser uma viagem tranquila de volta para casa. Infelizmente, quando o carro bateu, todos eles perderam a vida, exceto Joseph, que milagrosamente permaneceu vivo, graças também à intervenção de Sako.

Os únicos que restaram vivos foram Joseph e seu amado Sako, o pastor alemão que o acompanha desde a infância. Joseph disse que adormeceu nos bancos traseiros e acordou assustado, sem realmente entender o que estava acontecendo. Após o terrível impacto, Joseph lembra apenas que se viu incapaz de se mover (o garoto havia sofrido mais de uma fratura); então, ele se aconchegou perto de Sako e tentou dormir.

O cachorro nunca o abandonou: ele ficou ao seu lado por 40 horas, até que o primo de Joseph, após 2 dias de busca, conseguiu encontrá-los. Durante aquelas longas 40 horas, Sako fez de tudo para confortar seu dono: ele trouxe varas de madeira para acender uma pequena fogueira (felizmente Joseph tinha um isqueiro), ele o hidratou, arrastando-o para perto de um córrego de água e finalmente o protegeu do ataque de animais selvagens.

Durante aquelas longas horas, Joseph lembra-se de ouvir com seus próprios ouvidos o som desses animais, presumivelmente alguns coiotes. Sako não perdeu tempo e foi lutar com eles. Depois de um tempo, Sako voltou para Joseph, mas desta vez com uma lesão no pescoço: a única cena que o jovem sobrevivente pode testemunhar.

Advertisement

Se não fosse a reação deste cão corajoso, talvez a história não tivesse o final feliz que merecia.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado