Coronavírus, uma mulher se oferece para fazer compras para os vizinhos idosos para que eles fiquem seguros - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Coronavírus, uma mulher se oferece…
Coronavírus: uma mulher de 95 anos se cura sem terapia antiviral Coronavírus: um engenheiro italiano consegue transformar as máscaras de mergulho da Decathlon em respiradores

Coronavírus, uma mulher se oferece para fazer compras para os vizinhos idosos para que eles fiquem seguros

Por Roberta Freitas
841
Advertisement

Durante a pandemia de coronavírus, multiplicaram-se gestos de solidariedade que viram as pessoas se unirem para enfrentar o inimigo comum. Gestos como o de Becky Hoeffler, uma mulher residente na Carolina do Norte que decidiu disponibilizar-se para realizar compras para as faixas mais expostas ao vírus COVID-19, ou seja, idosos ou pessoas com patologias.

A ideia veio de uma conversa telefônica que Becky teve com o avô. Quando o homem disse à neta que estava prestes a ir ao supermercado, ela ficou muito preocupada com a segurança dele, mas infelizmente não conseguiu fazer nada para ajudá-lo, já que ele mora em Nova Jersey. A partir desse sentimento de impotência, no entanto, nasceu um impulso ao altruísmo: mesmo que ela não pudesse fazer nada para ajudar seu avô, ela poderia ter ajudado as pessoas ao seu redor.

Seu primeiro "cliente" foi um vizinho, que precisava de frutas frescas, farinha e papel higiênico. E Becky, para sua alegria, conseguiu encontrar tudo! Depois de entregar as compras (estritamente sem contatos próximos), ela pensou em oferecer o serviço em um prédio próximo, onde moram muitos idosos.

Depois de apresentar sua proposta no hall do prédio, disseram-lhe para colocar uma placa na entrada, para que muito mais pessoas pudessem saber sobre a iniciativa.

image: GNN

Foi assim que nasceu esta pequena, mas importante cadeia de solidariedade: talvez ela não possa fazer a diferença sozinha, mas certamente pode ser uma excelente contribuição. Sempre que uma pessoa idosa fica em casa em vez de sair, não há risco de adicionar um novo paciente aos ombros do serviço de saúde que já está com dificuldades.

Becky está muito satisfeita com o projeto que acabou de começar, porque sabe que está dando uma ajuda concreta. Como uma senhora idosa disse a ela, apenas saber que você não precisa sair de casa já é suficiente para trazer alguma serenidade e aliviar o difícil período de quarentena.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado