O Coronavírus fecha todo o comércio, então este florista coloca as flores que não vendeu nos túmulos do cemitério da cidade - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
O Coronavírus fecha todo o comércio,…
A China envia milhares de máscaras para a Itália e nos contêineres deixa uma poesia para dizer que estão do lado do povo italiano Quando esta emergência acabar, não quero que tudo volte a ser como antes

O Coronavírus fecha todo o comércio, então este florista coloca as flores que não vendeu nos túmulos do cemitério da cidade

Por Roberta Freitas
7.724
Advertisement

Entre os países mais afetados pela epidemia de Coronavírus, está também a França, que enfrenta dias difíceis entre medidas restritivas aprovadas pelo governo, distanciamento social e quarentena forçada para a população. Muitas das atividades de trabalho no país também foram fortemente afetadas, e há quem, incapaz de continuar seus negócios porque está temporariamente fechado, não está ficando com os braços cruzados. 

via: France 3

Ce matin, j’ai décidé de préparer un camion de marchandises, non pas pour aller au marché, ni pour aller à Chateauneuf...

Pubblicato da Végétal Banliat su Domenica 22 marzo 2020

Entre esses trabalhadores, obviamente existem alguns produtores de bens perecíveis que lamentam jogar fora seus estoques não vendidos. Esse é particularmente o caso de Romain Banliat, um jovem horticultor e florista bretão de Plerguer, em Ille-et-Vilaine, no norte da França. Forçado a fechar suas lojas por causa da epidemia de coronavírus, Romain ficou com milhares de flores não vendidas e não sabia o que fazer com elas.

Assim, Romain decidiu colocar todas as suas flores não vendidas nas sepulturas do cemitério da cidade de Pleurguer. O florista de trinta anos disse: "Minhas estufas estão cheias. Jacintos, narcisos, prímulas, flores que estavam prestes a serem jogadas fora. Era insuportável para mim jogar tudo fora... Eu tinha entre 400 e 500 plantas com flores, então eu as coloquei gentilmente nos túmulos. Aqueceu meu coração, principalmente porque meus avós estão enterrados neste cemitério."

Romain tem 12 funcionários que o ajudam em seu trabalho de horticultura, mas agora, com o encerramento de todas as atividades não essenciais devido às medidas restritivas do governo francês, eles estão ficando temporariamente em casa em quarentena, como a maioria das pessoas. Ainda assim, o gesto do jovem florista comoveu as pessoas de sua cidade e a publicação em seu perfil do Facebook, na qual ele explicou que usava flores não vendidas como um tributo floral aos túmulos de sua cidade, rapidamente percorreu a web, ganhando elogios.

Um belo gesto em um momento muito triste e difícil para muitas atividades comerciais. Estamos com você, Romain!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado