Uma mãe solteira se formou em Harvard com a filha nos braços, superando insultos e preconceitos - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Uma mãe solteira se formou em Harvard…
15 fotos que mostram o quanto nossos amigos de quatro patas têm para ensinar aos humanos Um cavalo desnutrido é encontrado na beira da estrada: agora ele vive despreocupado em uma fazenda com seus companheiros

Uma mãe solteira se formou em Harvard com a filha nos braços, superando insultos e preconceitos

Por Roberta Freitas
2.249
Advertisement

Criar um filho não é uma coisa simples: os pais sabem disso muito bem. As coisas certamente ficam ainda mais complicadas quando os pais são obrigados a fazer isso sozinhos. Há muitas responsabilidades, assim como as coisas a serem feitas, para que os pequenos cresçam com toda a atenção que merecem e, ao mesmo tempo, para que os pais não percam de vista seus empregos, estudos e compromissos.

Briana Williams, mãe solteira de 24 anos, que deu ao mundo um esplêndido exemplo de força e perseverança, sabe bem disso. O motivo? Essa jovem não só conseguiu superar os muitos preconceitos que sofreu, mas também alcançou um marco muito importante na vida, se formar em Harvard e criar seu bebê ao mesmo tempo.

Briana é originária de Atlanta, nos Estados Unidos e, durante sua juventude, nunca parou de lutar por um futuro melhor e por seu crescimento pessoal. Então, ela mirou alto, determinada a se formar em direito pela Universidade de Harvard. Dos quatro irmãos, Briana foi a única a realizar os estudos universitários, e esse já é um belo ato de coragem.

Infelizmente, no entanto, durante os seus anos de estudos, ela passou por muitos episódios que a viram no centro de discriminação e insultos, principalmente porque ser negra e porque não é de uma família rica e reconhecida. Sua força e inteligência, no entanto, sempre lhe permitiram seguir em frente, apesar de tudo e de todos e, quando ficou grávida, as críticas contra ela foram ainda piores.

Para quem a criticava, a jovem era considerada uma "anomalia", uma pessoa que não poderia ter conseguido grandes resultados, dada a gravidez, o trabalho e os estudos a serem concluídos. No entanto, continuando a trabalhar para manter a universidade e apesar de todas as dificuldades, ela deu à luz a Evelyn, sua linda e doce menina. "Não achei que fosse capaz - disse ela - foi um dos momentos mais difíceis da minha vida". Com o bebê recém-nascido, Briana seguiu as lições e tentou se organizar cada vez melhor, até que o momento tão esperado (e que muitos pensavam que nunca aconteceria) se materializou.

Advertisement

Briana se formou e agora é bacharel em direito na prestigiada universidade de Harvard. A formatura foi uma alegria que ela quis compartilhar com todos por meio de sua conta no Instagram, obviamente dedicando tudo à pequena Evelyn, que também usava uma toga e sorria, como sua mamãe. "Obrigada por me dar força e coragem, vamos continuar a vencer todas as adversidades", escreveu Briana. E nós também desejamos tudo de melhor para as duas, considerando também a carreira que Briana está começando em um escritório de advocacia da Califórnia. Essa garota é um verdadeiro exemplo de desenvoltura, motivo de esperança para muitas pessoas que pensam que não podem perseguir seus sonhos nos momentos mais difíceis.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado