Algumas dicas práticas para lidar com uma criança de temperamento muito agressivo - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Algumas dicas práticas para lidar com…
Pais ausentes demais podem causar feridas emocionais nas crianças que dificilmente curam Um corajoso ranger carrega um cachorro nos ombros para salvá-lo da desidratação

Algumas dicas práticas para lidar com uma criança de temperamento muito agressivo

Por Roberta Freitas
856
Advertisement

Desnecessário pensar que existem emoções positivas e negativas; em geral, nada fazemos além de colocar em primeiro plano e revelar tudo o que é positivo para nós e que nos faz felizes, superando tudo o que é feio, triste e negativo. Em poucas palavras: emoções negativas não precisam ser mostradas. No entanto, a psicologia moderna nos diz que todas as emoções, de qualquer tipo, devem ser simplesmente gerenciadas, não ocultadas.

image: Wikimedia

Um problema que todos os dias é enfrentado por mães e pais com filhos que tendem a ser bastante irascíveis: o que fazer se nosso filho muitas vezes fica irritado, tem uma explosão de raiva, experimenta emoções conflitantes e as chamadas emoções "negativas"? O fato é que a raiva é uma emoção primária que, em alguns casos, pode salvar nossas vidas. Todos nós já experimentamos esse sentimento e, por exemplo, com um ano de idade, é muito normal. É o sentimento que sentimos quando alguém nos ofende, quando nos sentimos frustrados, ignorados, rejeitados, ameaçados ou quando há uma perda.

A raiva geralmente ocorre em crianças pequenas sob estas formas: não dorme bem, fica com fome, não se sente bem, não se sente à vontade com pessoas não relacionadas à família; os pequenos têm problemas para canalizar suas emoções, pois mal conseguem conhecê-las, então as canalizam da maneira errada: com agressividade.

image: Wikimedia

Então, queridas mães e queridos pais, o que fazer para ensinar nosso pequeno de casa a gerenciar e entender suas emoções negativas? O segredo é tentar entender que a resposta à sua irascibilidade não está em uma reação violenta ou em mais raiva: nesses casos, os pais devem estar sempre prontos para garantir que as coisas não piorem. Respire devagar e tente se acalmar e tente realizar uma dessas ações: afaste-se do lugar em que seu filho está chorando ou com raiva, ou tente abraçá-lo, ou simplesmente convide-o para fazer uma atividade com você que o relaxe.

Dessa maneira, você ensinará a ele que a raiva também pode ser canalizada corretamente e, quando ele crescer, irá ver que ele pode lidar com ela sozinho.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado