6 erros que muitos pais tendem a cometer ao lidar com as manhas de seus filhos - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
6 erros que muitos pais tendem a cometer…
Um pai deixa 270 bilhetinhos cheios de positividade para sua filha enquanto ele está em uma missão Um professor confisca um videogame de um aluno durante a aula e o devolve 21 anos depois

6 erros que muitos pais tendem a cometer ao lidar com as manhas de seus filhos

08 Dezembro 2020 • Por Roberta Freitas
1.276
Advertisement

Quando nosso filho passa pela fase da infância, uma das mais delicadas de sua vida, nós pais sabemos muito bem que nem tudo será perfeito, pelo contrário. Na maioria das vezes, o maior desafio de todos é saber administrar seus caprichos; muitas vezes realmente irritantes e aparentemente insuportáveis, essas queixas generalizadas de nossos filhos são mal administradas pela figura do pai e da mãe. Como lidar com os caprichos de nossos filhos de forma equilibrada? Aqui estão seis dicas úteis.

image: Pixabay
  • Evite ficar com raiva deles: é inútil ficar com raiva ou gritar com seu filho quando ele tem um acesso de raiva, a única resposta que você terá como resultado é fazê-lo a entender até onde você está disposto a ir com suas ameaças.
  • Não castigue o seu filho: se o seu filho compreender que as ações dele conduzem ao seu comportamento negativo, apenas o alertará para o fato de que os seus pais também "têm acessos de raiva". Um poço sem fundo que é melhor evitar.
  • Não ignore seus caprichos: a pior coisa que você pode fazer é ignorar suas queixas; mesmo que você não aguente o ataque de raiva dele, se você não ouvir vai ser muito pior...
image: Pxfuel
  • Não ceda aos seus caprichos: se você lhe der corda para tentar fazer com que se senta bem, você está agindo errado. Essa sua atitude poderia justificá-lo no futuro a continuar a se comportar dessa forma. Evite ceder absolutamente.
  • Não tente negociar: é inútil tentar entender seu filho enquanto ele está com raiva; naquele momento ele não quer ouvir razões, será completamente impossível e improdutivo chegar a um acordo com ele.
  • Não fique com ele o tempo todo: no momento de um capricho, tudo o que seu filho quer é alguém que o persiga e monitore constantemente; quando esquentar, é melhor dar espaço suficiente para se acalmar.
Você já teve que enfrentar seu filho em um momento de capricho sem fim?
Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado