Os pais conseguem reabraçar o filho depois de 32 anos: ele tinha sido sequestrado e vendido quando criança - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Os pais conseguem reabraçar o filho…
Um garoto pega sua avó de 99 anos no colo para recriar uma foto antiga e desejar a ela tudo de bom 3 sinais que podem nos fazer entender que finalmente encontramos nossa alma gêmea

Os pais conseguem reabraçar o filho depois de 32 anos: ele tinha sido sequestrado e vendido quando criança

Por Roberta Freitas
9.886
Advertisement

A coisa mais terrível que pode acontecer aos pais é perder o filho prematuramente. O segundo maior medo é que desapareça ou que alguém o sequestre. Em alguns casos, é difícil dizer qual é o evento mais angustiante.

Não se pode dizer se é pior ter que aceitar algo irreversível que, no entanto, pode garantir a paz da resignação. Ou alimentar a esperança, mas sempre vivendo em angústia e nostalgia, sem saber onde e com quem está o seu filho, se está sendo bem tratado ou não.

Felizmente, a história de hoje tem um final feliz. Em 1988, Mao Yin, filho de Li Jingzhi e Mao Zhenjing, foi sequestrado enquanto a família era hóspede de um hotel. Por mais de três décadas, o casal continuou procurando por ele sem nunca desistir.

A mulher foi forçada a deixar o emprego para se dedicar a investigações em tempo integral. Com o tempo, distribuiu mais de 100 mil folhetos e acompanhou mais de 300 possíveis pistas, infelizmente sem resultado.

Ela também participou de vários programas e talk shows, fazendo apelos na televisão. De sua região de origem, a de Xian, no centro da China, os dois aumentaram gradualmente o raio das buscas a nível nacional e internacional.

32 anos de silêncio se passaram mas, em 9 de maio de 2020, no dia das mães, Li recebeu o melhor presente que ela poderia desejar. A polícia informou que a cerca de 1000 km de Xian, no sudoeste do país, um homem tinha adotado uma criança anos antes. Pela informação, havia uma boa chance de que pudesse ser Mao.

Após um feedback através do processamento facial digital e do teste de DNA, finalmente a confirmação: era realmente ele. A criança havia sido vendida a um casal sem filhos por 6 milhões de yuans, pouco mais de 700 euros. Ele recebeu o nome de Gu Ningning.

Assim, Mao Zhenjing e Li Jingzhi conseguiram abraçar o filho novamente. Hoje, Mao/Gu tem 34 anos e administra uma empresa de decoração. O garoto expressou seu desejo de morar perto de seus pais biológicos e não querer mais se separar deles.

Em 2007, Li ingressou na organização Baby Come Back Home. É uma estrutura apoiada por voluntários, comprometida em encontrar crianças desaparecidas. Ela ajudou 29 famílias a encontrar seus filhos, enquanto o dela ainda estava desaparecido. O tempo todo sua fé e força nunca vacilaram. Apesar do sofrimento, ela não parou de ajudar os outros. Agora é a vez dela de ser feliz novamente.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado