Um menino de 7 anos foi humilhado pela professora pelo resultado da prova de matemática: "Triste e patético" - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Um menino de 7 anos foi humilhado pela…
Uma mãe repreende sua filha de 2 anos: o cachorro a defende como se fosse o seu guarda-costas Um pai de 17 anos cria a filha sozinho depois de ter sido abandonado pelos pais e pela namorada

Um menino de 7 anos foi humilhado pela professora pelo resultado da prova de matemática: "Triste e patético"

Por Roberta Freitas
3.982
Advertisement

Embora muitos professores hoje sejam frequentemente submetidos a abusos por parte dos pais e dos próprios alunos, que não aceitam as notas ruins que recebem devido a sua própria falta de interesse pelos estudos, também há casos em que os professores parecem não saber que métodos adotar. Quem opta pela carreira de professor sabe que terá que lidar com meninos e meninas que merecem ser motivados para estudar, e também sabe que terá que implementar todas as estratégias para que eles consigam entender a matemática, história, química e todas as demais matérias. No entanto, ainda existem aqueles que provam ser totalmente incompetentes nesse quesito: Kamdyn Piland, um menino de 7 anos, voltou para casa com uma prova de matemática marcada pela caneta vermelha de sua professora. Além dos erros da criança, a professora resolveu deixar um comentário nada menos que desagradável sobre o resultado obtido pelo pequeno Kamdyn durante a prova.

My son Kamdyn's teacher has been so rude to him and myself all year he comes home with this and I am beyond frustrated that someone would write this on a childs work such great motivation

Pubblicato da Chris R Piland su Martedì 16 aprile 2019

Kamdyn Palin voltou para a casa de seu pai, particularmente desmotivado após seu fracasso no teste de matemática. Sua  professora deixou escrita em vermelho uma frase que derrubaria qualquer um: "Triste e patético. Ele respondeu 13 exercícios em 3 minutos". O pai do menino, chamado Chris, não conseguia acreditar no que estava vendo. Ele confrontou pessoalmente a professora, enfatizando o quanto poderia magoar seu filho com aquele comentário, mas a mulher não fez nada além de repetir: "Sinto muito se ele se sentiu assim". Nem a professora nem a escola fizeram nada para remediar o acontecimento desagradável, então Chris, incapaz de agir de outra forma, decidiu divulgar essa história para outras pessoas, compartilhando-a em seu perfil no Facebook. O incidente despertou muita indignação de vários usuários, alguns dos quais até assinaram uma petição para obter a demissão da professora. Uma solução talvez um pouco excessiva, mas que, no entanto, encontrou a simpatia de 20.000 pessoas.

O que você acha dessa história?

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado