A vez que a princesa Diana abraçou uma mãe em luto no túmulo de seu filho - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
A vez que a princesa Diana abraçou…
Em 30 anos nunca dividiu as tarefas da casa com a mulher: hoje é obrigado a pagar a ela uma indenização de 60.000 euros Recebe uma mensagem de texto dizendo

A vez que a princesa Diana abraçou uma mãe em luto no túmulo de seu filho

11 Abril 2021 • Por Roberta Freitas
3.470
Advertisement

Para quem já era adulto na década de 90, sabe muito bem o quanto a Princesa Diana Spencer, Princesa de Gales, foi uma personalidade que não só era da família real inglesa, mas foi uma mulher que fez valer a sua opinião e seus gestos de grande generosidade e empatia para com os menos afortunados do que ela, contra tudo e todos. Uma vida, a de Lady D, que passou de professora em um jardim de infância a se tornar princesa de Gales e futura rainha ao lado de Charles da Inglaterra, até seu divórcio tumultuado e morte trágica em Paris em agosto de 1997.

Diana Spencer, mesmo antes de falecer, já era uma verdadeira celebridade por conta da sua solidariedade e compromisso cívico; algumas fotos da inglesa tiradas cerca de duas semanas antes do trágico acidente de carro em agosto de 1997 deram a volta ao mundo quando foram publicadas graças à exibição de um documentário dedicado à sua vida e ao seu extraordinário legado.

As fotos publicadas após a exibição do documentário mostram a ex-princesa de Gales vagando entre as lápides de um grande cemitério de guerra em Sarajevo, em uma Bósnia devastada por conflitos. A viagem institucional de Lady D teve como objetivo uma série de encontros sobre a conscientização sobre o tema das minas e as vítimas dessa prática tão bárbara e perigosa. Antes de assistir a uma recepção, Diana perguntou a seus assistentes de viagem na Bósnia, Jerry White e Ken Rutherford, se eles poderiam fazer uma parada no cemitério de guerra que havia sido montado no ex-estádio olímpico da cidade; quase parecia que a mulher tivesse tido um pressentimento: “Ela me perguntou se tinha um cemitério ali perto, porque era um lugar que devíamos ter visitado antes da recepção. [...] Então, fomos para o antigo estádio olímpico que tinha se tornado um grande cemitério para as pessoas que morreram durante a guerra. Eu vi Diana tomar seu lugar entre centenas de lápides. Foi inquietante, agora que eu penso nisso. Ela caminhava devagar, entre lápides e até entre arbustos de rosas amarelas...", Disse Jerry.

"Então ela conheceu uma mãe bósnia que estava cuidando do túmulo de seu filho, visivelmente de luto. Diana não falava bósnio e essa mãe não sabia inglês, então eles apenas se abraçaram tão intimamente, tão fisicamente, tão emocionados, de mãe para mãe. "

Advertisement

Essas imagens nos lembram com enorme emoção a profunda humanidade de Diana Spencer, uma mulher que deixou ao mundo valores como a solidariedade, a empatia, que nos ensinou a sempre olhar para os mais necessitados e menos afortunados, mesmo contra a opinião pública.

Uma mulher única que dificilmente esqueceremos!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado