6 métodos da tradição popular que podem dizer se o mel é de baixa qualidade - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
6 métodos da tradição popular que…
Pessoas que dormem tarde podem ser mais criativas e inteligentes: é o que diz este estudo Um cliente reclama do garçom autista: a dona do restaurante dá uma linda lição nele

6 métodos da tradição popular que podem dizer se o mel é de baixa qualidade

Por Roberta Freitas
2.970
Advertisement

O mel é um ingrediente que nenhum de nós deve passar sem: é um excelente substituto para o açúcar tradicional, mas também pode ser usado contra a tosse e por sua ação antimicrobiana.

A melhor solução seria comprar diretamente de um apicultor de confiança, mas como nem sempre é possível, você pode comprar no supermercado: neste caso, é bom abrir os olhos, porque existem muitos méis de baixa qualidade.

Aqui estão 6 técnicas infalíveis para entender se um mel é realmente bom ou não.

O mel da grande distribuição pode ser manipulado para deixar o preço de venda mais barato: pode conter açúcar em excesso ou colorantes.

image: maxpixel.net

Em primeiro lugar, deve ser feita uma distinção entre mel puro e mel pasteurizado.

O mel puro não é submetido a tratamentos que envolvam o uso de calor e não é alterado de qualquer outra forma: é o tipo de mel mais próximo do produto feito pelas abelhas e é, portanto, o que tem o maior concentrado de vitaminas, aminoácidos e minerais. Pode ser usado para fins alimentares e terapêuticos.

O mel pasteurizado, no entanto, é aquecido a uma temperatura de 65-80° C para ser pasteurizado: o procedimento destrói grande parte dos nutrientes e é por isso que este mel deve ser usado apenas como adoçante. O mel pasteurizado tem uma consistência, uma cor e um sabor diferente do puro.

Veja 6 maneiras de reconhecer se o mel é de baixa qualidade:

image: pexels.com

1. O mel não cristaliza: o mel puro se cristaliza naturalmente durante o armazenamento. Se um mel sempre permanece líquido e cristalino, provavelmente não é um bom mel.

2. Dissolve-se na água: faça o teste do copo de água. Coloque uma colher de chá de mel em um copo de água e veja se ele se dissolve ou não: se ele desaparecer, o mel não é bom porque o puro não se dissolve na água.

3. Reage em contato com o vinagre: quando o mel é manipulado, produz "espuma" em contato com o vinagre.

4. Faça o teste da chama: sujeite uma quantidade de mel à chama de um isqueiro ou fósforo. O mel puro deve pegar fogo porque não contém água, ao contrário do de má qualidade.

5. Muda de cor com iodo: coloque algumas gotas de iodo em um copo e adicione uma pequena quantidade de mel. Se mudar de cor - tornando-se azul - isso significa que uma adição de amido de milho foi feita.

6. Leia o rótulo: muitas vezes é o próprio rótulo que revela a baixa qualidade do produto. Se você encontrar glicose, frutose ou xarope de milho, é melhor não comprá-lo.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado