Ninguém pode fugir do seu carma: a dor que você provoca voltará - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Ninguém pode fugir do seu carma: a…
Quem julga sempre a vida dos outros é pobre emotivamente: deixe estas pessoas longe da sua vida Ser empático é um dom maravilhoso, mas tem um custo enorme a nível emotivo

Ninguém pode fugir do seu carma: a dor que você provoca voltará

9.404
Advertisement

O terceiro princípio da dinâmica, também conhecido como terceira lei de Newton, diz "toda ação corresponde a uma reação igual e oposta". Mesmo o que é válido para a física também funciona na vida, de modo que o que é feito, para o bem ou para o mal, sempre volta. Portanto, quando falamos sobre religião e filosofia indianas, podemos falar sobre carma.

O termo literalmente significa "agir" ou "ação", e mais precisamente tudo que é feito, dito ou apenas pensado na dimensão física em que nos encontramos. De acordo com o carma, as palavras e intenções são transformadas em energia, positiva ou negativa, que retorna à fonte de partida porque o universo está em constante busca de equilíbrio.

Ser o martelo ou o prego

image: Unsplash

Quando machucamos alguém, intencionalmente ou não, a consciência da dor dos outros é algo remoto, estranho, distante. O caso é diferente quando passamos do papel do carrasco ao da vítima, sofrendo assim feridas internas. Nas circunstâncias em que não somos o "martelo", mas o "prego", parece que o destino, carma, ocorre apenas no sentido negativo.

No prato da balança, boas ações não pesam da mesma maneira, e o tempo para ter um pouco de sorte nunca chegará. A verdade é que experiências negativas têm a tendência a permanecerem gravadas na nossa mente e no nosso coração, de modo que os pontos positivos passem quase despercebidos.

Melhorar o mundo para ser melhor

image: Maxpixel

O conceito de carma pode ter muitas outras extensões e semelhanças, uma delas é a causalidade, o princípio de causa e efeito, ou o modo de dizer "nós coletamos o que semeamos". Nos dois exemplos, sem incomodar o equilíbrio do universo, é fácil entender que a forma como nos relacionamos com as situações prepara o terreno para o nosso futuro.

Pode parecer uma sentença feita, uma estratégia psicológica para se consolar, mas a longo prazo o bem se recupera. Tentar melhorar o mundo todos os dias com pequenos gestos influencia positivamente nossas vidas e as dos outros, e no final do dia também nos torna melhores.

Advertisement

O prêmio existe mas não vemos

image: Unsplash

À luz do que foi dito, não se deve comportar bem apenas por medo de que esse carma volte. É muito simples "fazer o bem" para ganhar o paraíso e tentar não "fazer o mal" por medo de ir para o inferno. O prêmio por uma vida de bondade, generosidade, empatia e amor não é algo que possa ser quantificado e na maioria dos casos nunca chega.

É mais um estado de graça, uma alegria que é sentida apenas quando você sabe que você fez alguém feliz ou que fez a vida um pouco mais leve. Em conclusão, não espere para receber, o que importa é começar a dar.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado