Ataques de pânico, como reconhecer os sintomas e aprender a gerenciá-los - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Ataques de pânico, como reconhecer…
Encontra filhotes abandonados e leva eles para casa: veja que transformação destes bichinhos! Sou uma mulher forte, mas também preciso de alguém que una os meus pedaços

Ataques de pânico, como reconhecer os sintomas e aprender a gerenciá-los

1.465
Advertisement

A ansiedade é uma emoção natural e fisiológica em resposta a uma condição de estresse. No entanto, quando não é proporcional ao contexto desencadeante ou desencadeia sem uma razão aparente, falamos de ansiedade patológica. A forma mais aguda e paralisante de ansiedade é o ataque de pânico, isto é, um sentimento de medo incontrolável que provoca reações físicas e mentais extremamente intensas. Veja como reconhecer os sintomas e gerenciar essas crises.

NB: os conselhos que lhe damos NUNCA podem substituir a opinião de um médico ou os tratamentos farmacológicos que um médico pode receitar para uma patologia específica.

Esse tipo de transtorno tem maior incidência na população feminina (até três vezes mais que os homens) com pico em torno aos 25 anos de idade, mas pode ocorrer em qualquer momento da vida. Ataques de pânico se manifestam com sintomas físicos e psicológicos. Aqui estão alguns deles:

Sintomas físicos

  • Taquicardia
  • Agitação ou tremores
  • Tontura 
  • Falta de ar
  • Sensação de constrição na garganta
  • Sudorese intensa
  • Desconforto ou dor no peito
  • Dor abdominal ou cólicas estomacais
  • Ondas de calor ou arrepios
  • Boca seca

Sintomas psicológicos

  • Sensação de perigo iminente
  • Indiferença ou despersonalização
  • Medo de enlouquecer ou arriscar sua vida
  • Percepção de irrealidade

Pelo menos uma vez na vida muitas pessoas experimentaram um ataque de pânico, muitas vezes sem estar ciente disso. Nas circunstâncias em que esses episódios ocorrem frequentemente o problema pode se tornar realmente incapacitante e as medidas necessárias devem ser tomadas.

Antes de chegar a um diagnóstico real, geralmente aqueles que são afetados por essas crises são inicialmente convencidos de que sofrem de transtornos mais variados. Isso se deve à poderosa somatização dessa condição, que causa sensações físicas muito semelhantes a um ataque cardíaco.

Advertisement

Para se acalmar durante um ataque de pânico, é possível implementar algumas estratégias simples, mas úteis. A primeira é a "respiração consciente", isto é, a realização voluntária de inalação e expiração lentas e profundas. Esse método é eficaz porque restaura a percepção de controle sobre si mesmo, ajudando a diminuir a frequência cardíaca. Você também pode tentar mover-se para um lugar mais quieto e sentar-se em uma posição confortável, recuperando a sensação de segurança, mas o caminho mais eficaz sempre é a ajuda profissional de um terapeuta, um psicólogo, um psiquiatra ou ambos. Desta forma, você pode superar a desordem e recuperar uma qualidade de vida normal.

Não tenha medo de pedir conselhos a um especialista, é o primeiro passo para controlar esse sintoma psicológico que afeta muito mais pessoas do que você imagina.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado