Os relacionamentos que não evoluem tendem a acabar - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Os relacionamentos que não evoluem…
Veja por que você deveria lavar a fruta seca antes de comê-la Sentir-se muito cansado para levantar da cama pode ser sinal de inteligência: pode colocar seu celular em modalidade soneca sem culpa

Os relacionamentos que não evoluem tendem a acabar

1.253
Advertisement

Todo relacionamento tem um significado e tem razão de existir, desde que seja útil para o nosso crescimento pessoal. Não há relacionamentos certos ou errados, porque todo relacionamento será o certo para nós naquele momento específico de nossas vidas. São duas "almas" que se encontram e estão comprometidas em um projeto comum - quando tudo isso falta, é normal que o relacionamento termine. Não se trata de ver a utilidade do relacionamento - seria egoísmo colocar o assunto nesse nível -, mas de entender que todo relacionamento tem sua própria função específica que, infelizmente, às vezes, pode acabar.

image: Unsplash

A função para a qual o relacionamento nasce, seja envolvendo parceiros, amigos ou parentes, tem um motivo para existir. Por exemplo, em um determinado momento da vida, você pode encontrar um amigo porque, inconscientemente, precisa de um irmão. Da mesma forma, um casal pode se unir, porque no outro procura aquele pai ou aquela mãe que não tiveram e queriam muito ter tido.

Uma amizade pode nascer entre as carteiras escolares, quando as necessidades de ambos é se divertir e podem terminar quando, por exemplo, alguém encontra um emprego, cria uma família: o aumento da responsabilidade e a falta progressiva de tempo são fatores que podem levar ao fim de uma amizade. Então, aquele relacionamento não tem mais uma função, uma razão de ser. 

image: Unsplash

Em um relacionamento, o parceiro pode ser aquele que nos ensina, quase como um professor; contanto que essa função seja mantida, o relacionamento continua. Mas quando uma pessoa evolui sua personalidade e necessidades, então o relacionamento deve necessariamente evoluir. Caso contrário, será um relacionamento destinado a acabar para sempre.

Portanto, não que dizer que, uma vez terminada a função inicial, o relacionamento esteja destinado a terminar: com a vontade de ambos, a relação pode evoluir para outra coisa e continuar a existir cumprindo uma nova função.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado