Uma pessoa negativa vê somente as coisas ruins: esta breve história nos explica por que - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Uma pessoa negativa vê somente as coisas…
Este pediatra de 92 anos dá consultas gratuitas para as crianças carentes, tratando-as como se fossem seus netos Não jogue fora as sementes de melancia: são nutrientes e ricas de propriedades benéficas

Uma pessoa negativa vê somente as coisas ruins: esta breve história nos explica por que

1.582
Advertisement

Dizemos muitas vezes que na vida, positividade e serenidade dependem - em primeiro lugar - do modo que temos de nos colocar perante ao mundo exterior. Se abrigarmos negatividade, ressentimento, raiva e frustração, é quase certo que isso irá afetar como as pessoas nos vêem de fora.

E isso não é só um modo de dizer: nosso humor e nossa "paz interior" afetam muito nossa identidade. Quanto mais nos sentirmos bem conosco, melhor estaremos com os outros, sem dúvida mais atraentes e agradáveis.

A pequena história que estamos prestes a  contar mostra exatamente isso, e vai te dar insights úteis para refletir sobre sua vida cotidiana e suas atitudes.

image: Pexels

"Um jovem chegou à entrada de uma cidade e, aproximando-se, viu um velho e perguntou-lhe: "Que tipo de pessoas vivem neste lugar?" O velho respondeu com outra pergunta: "Que tipo de pessoas vivem no lugar de onde você veio?" "Um grupo de egoístas e perversos - o jovem respondeu - Estou feliz por ter saído de lá." A esse ponto, o ancião respondeu: "Você também encontrará as mesmas pessoas aqui".

No mesmo dia, mais tarde, outro jovem se aproximou do velho e perguntou-lhe: "Que tipo de pessoas vivem neste lugar?" O velho, como antes, fez a mesma pergunta: "Que tipo de pessoas existem no lugar de onde você veio?" O jovem então disse: "Pessoas bonitas, maravilhosas, hospitaleiras e amigáveis: estou muito triste por tê-las deixado". "Você também vai encontrar pessoas assim aqui", respondeu o velho.

A esse ponto, um homem que tinha ouvido as duas conversas perguntou ao velho: "Como é possível dar duas respostas diferentes à mesma pergunta?" O sábio ancião respondeu: "Toda pessoa carrega em seu coração o ambiente em que vive. Quem não encontrou nada de novo nos lugares onde estava, não conseguirá encontrar mais nada aqui. Quem encontrou um amigo lá, também pode encontrar amigos aqui, porque a atitude mental é a única coisa sobre a qual, na vida, você pode ter o controle absoluto".

Uma história que mostra perfeitamente como é verdade que, em nossas vidas, somos o que construímos. Se trouxermos o ódio ao mundo, o egoísmo, a raiva, obteremos os mesmos sentimentos, se não piores, dos outros. Assim como, pelo contrário, se nos colocamos em relação a todos com uma atitude positiva, mais cedo ou mais tarde, apesar das dificuldades, podemos ter a certeza de ser recompensados.

Nossa atitude e nossa predisposição interior são realmente tudo o que temos para viver em paz e mostrar aos outros o nosso melhor lado.

Até mesmo pessoas que parecem mais felizes do que nós têm nossos próprios meios, vivem em lugares semelhantes e interagem com os mesmos indivíduos. A diferença, então, reside apenas em encontrar o caminho para agir, sempre e se possível, guiado pela positividade.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado