A mãe de uma criança com imunodeficiência pede a todos que não exagerem na compra de desinfetantes - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
A mãe de uma criança com imunodeficiência…
Coronavírus: um engenheiro italiano consegue transformar as máscaras de mergulho da Decathlon em respiradores Quando descobre que as fraldas acabaram, uma mãe se desespera e faz uma publicação online contra quem faz compras compulsivas

A mãe de uma criança com imunodeficiência pede a todos que não exagerem na compra de desinfetantes

Por Roberta Freitas
1.334
Advertisement

Nos dias em que a pandemia de Coronavírus está se espalhando por todo o mundo, não faltam pessoas que, literalmente em pânico, decidem estocar qualquer tipo de coisa que consideram essencial, além de produtos desinfetantes, quase como se uma guerra estivesse prestes a começar.

Na realidade, esse não é o caso, e em todas as partes do mundo serão garantidos estoques de alimentos e itens de cuidados pessoais. Infelizmente, no entanto, a evidência dos fatos nos mostra alguns artigos que, em quase todos os lugares, estão esgotados ou são difíceis de encontrar. Falamos, por exemplo, de produtos desinfetantes e, em particular, dos notórios géis para as mãos. A esse respeito, chegou o apelo de uma mãe na web que deve fazer com que muitas pessoas reflitam.

via: The Mighty

Quando nasceu,  Lily era prematura e teve que passar 8 meses na unidade de terapia intensiva devido ao seu desenvolvimento incompleto. O motivo, infelizmente, foram as dificuldades respiratórias com as quais ela teve que lidar imediatamente. Chegando em casa, ela sempre foi dependente de máquinas que lhe permitiam respirar. A menina tem o sistema imunitário altamente comprometido e ela e seus pais devem passar o período de outubro a abril em confinamento solitário todos os anos.

Até um resfriado muito comum, para Lily, pode ser extremamente perigoso, até fatal. Por isso, no outono e inverno, as precauções que a família e as poucas pessoas que podem ter contato com a criança devem ter são muitas. Em casa, tudo é desinfetado, desde maçanetas a brinquedos: na prática, essa família vive todos os dias, o que muitas instituições hoje recomendam que as pessoas façam para  reduzir a infecção pelo coronavírus.

Por isso, o apelo da mãe a todos que estão em pânico e esavaziam as lojas de produtos como máscaras e gel desinfetante. Qualquer objeto desse tipo, para Lily e para muitas outras crianças e pessoas com problemas imunológicos graves, é vital. Se são pessoas saudáveis que produzem ações exageradas estocando produtos, ou pior, vendem estas mercadorias a preços mais altos, esse é um risco sério para todos aqueles que têm uma necessidade diária real.

Advertisement

Infelizmente, as notícias continuam descrevendo uma situação em que lojas e farmácias estão cada vez mai com falta desses produtos, assim como muitas pessoas que aproveitam o momento para especular e obter lucros excessivos. Quando você pensa em fenômenos como esses, e talvez você tente de todas as maneiras comprar a última máscara para usá-la mesmo quando não houver necessidade, é bom lembrar que ao nosso redor existem pessoas como Lily e sua família que, sem gel desinfetante e sem máscara, pode realmente arriscar a sobrevivência.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado