Este garoto imprimiu em 3D uma proteção para as orelhas que alivia a dor física dos médicos e enfermeiros - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Este garoto imprimiu em 3D uma proteção…
Dois jovens ajudam as pessoas mais velhas durante o isolamento levando para eles suprimentos e papel higiênico China: mais de 20.000 pessoas na fila para entrar em um parque que foi reaberto após o bloqueio por causa do Covid-19

Este garoto imprimiu em 3D uma proteção para as orelhas que alivia a dor física dos médicos e enfermeiros

Por Roberta Freitas
102.221
Advertisement

Existem muitos sacrifícios e atos heroicos que, todos os dias, muitos trabalhadores e cidadãos comuns realizam na esperança de ver uma luz no fim do túnel neste período histórico fortemente influenciado pelo surto da epidemia de Coronavírus. A maioria da população é obrigada a ficar em casa e, nessa imobilidade total, reside o "gesto heroico": um pequeno esforço não apenas para não ficar doente, mas também para não sobrecarregar o sistema de saúde do seu país que, agora, está definitivamente sitiado. Depois, há quem precise trabalhar todos os dias, garantindo um mínimo de normalidade e funcionalidade ao nosso mundo atual: coletores de lixo, médicos, enfermeiras, entregadores, faxineiros, caixas em supermercados, eletricistas, encanadores... enfim, todos aqueles que são indispensáveis e que, com seu trabalho, contribuem para nos manter estáveis.

No Canadá, um menino decidiu contribuir ativamente para a luta contra o Covid-19, respondendo ao apelo do hospital local em sua cidade.

Quinn Callander é um escoteiro muito jovem que queria responder ao pedido de ajuda do hospital de sua cidade. Sua idéia era aliviar, pelo menos um pouco, a dor diária que médicos e enfermeiros sentem durante os turnos cansativos - principalmente devido aos dispositivos médicos usados, como por exemplo, máscaras e proteções pesadas sobre os jalecos de laboratório. Infelizmente, todas as roupas de proteção usadas são necessárias se todos os dias você tem que lutar na linha de frente contra o terrível vírus.

O jovem Quinn, então, inventou uma ferramenta pequena e útil capaz de proteger os ouvidos e a pele de todo médico ou enfermeiro forçado a usar uma máscara. Depois de horas e horas usando uma máscara protetora, os primeiros sinais aparecem no rosto; a longo prazo, mesmo as condições físicas às quais você está sujeito podem se tornar exaustivas. Quinn, então, graças à sua impressora 3D, criou uma espécie de "extensão" para as máscaras: um simples pedaço de plástico para prender as extremidades da máscara, sem deslizar para trás das orelhas, pressionando e desgastando a pele do médico/enfermeiro.

Advertisement
image: Thingsverse

A mãe de Quinn contou sobre a pequena grande invenção de seu filho em uma postagem no Facebook e não pensou duas vezes em compartilhar o engenhoso arquivo para quem quisesse copiá-lo: dessa maneira, qualquer um pode imprimir em 3D infinitas peças para doar para hospitais.

Uma ideia simples e engenhosa ao mesmo tempo, que poderia aliviar o sofrimento físico de muitos trabalhadores nesse período.

Source:

Thingiverse

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado