Gastrite nervosa: como reconhecer e remediar uma doença comum causada pelo estresse - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Gastrite nervosa: como reconhecer e…
Um homem pede que uma mulher amarre o seu cachorro na coleira e ela decide chamar a polícia: Este filhote sente tanta falta de brincar com as crianças do bairro que passa o tempo todo observando os pequenos da sua varanda

Gastrite nervosa: como reconhecer e remediar uma doença comum causada pelo estresse

Por Roberta Freitas
1.258
Advertisement

Os problemas gástricos psicossomáticos são frequentemente o resultado do estresse acumulado ao longo dos anos. Uma vida agitada, cheia de ansiedades e preocupações, certamente não beneficiará nossa saúde: podemos considerar o estresse, de fato, o inimigo número um do nosso corpo. A gastrite nervosa é gerada por longos períodos de estresse nos quais não podemos controlar o peso de certas situações. Um peso que afeta nosso bem-estar e que pode se manifestar com uma inflamação da parede interna do estômago. Muitas pessoas sofrem desse distúrbio irritante causado por períodos intensos de estresse psicofísico e não sabem como se livrar dele. Certamente, nesses casos, é bom consultar um médico de confiança para identificar a natureza de sua gastrite.

image: Pexels

Muitas vezes, esse tipo de doença parece ser causado por problemas emocionais; os principais sintomas são:

  • azia, especialmente na parte superior do abdômen;
  • diminuição do apetite, que às vezes pode ser acompanhado por náusea e vômito;
  • uma sensação de plenitude e inchaço abdominal, sentida imediatamente após as refeições;
  • um estado de mal-estar geral.

Basicamente, há um processo de má digestão causado pela presença de inflamação que altera as funções digestivas e o esvaziamento gástrico, com uma consequente sensação de peso.

Como já mencionado, esse é um distúrbio causado principalmente por períodos prolongados de estresse, nos quais ocorrem ansiedade, irritabilidade e nervosismo; todos esses elementos são verdadeiramente destrutivos para o estômago e, consequentemente, para a saúde. Certamente, o idela é tentar manter as ansiedades e preocupações afastadas, se não quisermos que elas arruinem nossa saúde, mas também podemos preferir um estilo de vida mais saudável, praticando regularmente um pouco de atividade física. A nutrição também é fundamental: você deve excluir absolutamente todos os alimentos fritos, gordurosos e picantes, pois eles são responsáveis ​​pelo aumento da acidez gástrica e irritam as paredes do estômago. Tente consumir frutas e vegetais regularmente e consulte seu médico se houver necessidade de usar algum medicamento específico para aliviar a dor e reduzir a acidez.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado