Uma mulher estéril encontra uma menina abandonada em uma sacola de plástico perto de sua casa: agora ela quer adotá-la - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Uma mulher estéril encontra uma menina…
Ela não mudava o penteado desde 1960: quando um hair stylist a transforma, nem mesmo suas filhas a reconhecem Constroem camas quentinhas para gatos de rua usando garrafas de plástico e cobertores - uma ideia que deve ser imitada

Uma mulher estéril encontra uma menina abandonada em uma sacola de plástico perto de sua casa: agora ela quer adotá-la

12 Fevereiro 2021 • Por Roberta Freitas
12.702
Advertisement

O desejo de ser mãe em algumas mulheres é muito forte, mas entre elas, há aquelas que há anos tentam ter um filho com o companheiro sem ter sucesso. Depois, há aquelas que por vários motivos engravidam sem querer e decidem abandonar o filho. Se você não tem a possibilidade de manter um filho e de alguma forma quer deixá-lo para adoção, seria bom se você o fizesse seguindo certos procedimentos, talvez no hospital, e não agindo por conta própria, abandonando os bebês no rua ou perto do lixo. Em Campo Grande, uma mulher ficou chocada ao encontrar uma menina abandonada em uma sacola de plástico na garagem perto de sua casa. Felizmente, aquela criaturinha indefesa ainda estava viva e bem.

Kelly Zerial tem 37 anos e mora em Campo Grande, onde trabalha ativamente como professora de história da arte. Kelly é uma daquelas mulheres que deseja ser mãe, mas o destino pregou uma peça nela: ela é estéril. Ela nunca pode ter filho, tanto que pretendia recorrer a outros métodos para engravidar. Mas uma manhã ela saiu de casa e ficou petrificada ao encontrar um bebê em uma sacola de plástico perto de sua porta.

Para Kelly, o choque de encontrar um recém-nascido nessa condição foi grande. Por alguns momentos, a mulher relatou que não conseguia se mover, mas então teve o instinto de pegar a criaturinha e abraçá-la. Outras pessoas se aglomeraram ao redor daquele pacotinho para ver se a menina ainda estava viva. Felizmente sim: quando Kelly a pegou no colo, o bebê começou a gritar e chorar. Ele ainda tinha o cordão umbilical intacto e havia vários vestígios de sangue, mas ela não parecia ter se ferido.

Advertisement

No hospital, os médicos confirmaram a boa saúde da criança e imediatamente tomaram medidas para localizar a mãe. Com a notícia, Kelly deu um suspiro de alívio - ela estava feliz que a menina estivesse bem - mas, ao mesmo tempo, seu coração parou ao pensar em nunca mais ver aquela criatura maravilhosa novamente. A ideia de adotá-la, de fato, passou pela sua cabeça imediatamente quando a levou pessoalmente ao hospital.

Kelly gostaria de ser a mãe da garotinha e, à espera de novas investigações sobre a identidade da suposta mãe biológica, pediu a toda a comunidade que não julgasse com severidade o abandono: não sabemos o que está por trás desse gesto terrível e nós não podemos julgar. Por outro lado, Kelly espera ser a mãe adotiva da menina e dar a ela uma vida pacífica e amorosa.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado