A esposa grávida é alérgica ao gato e pede uma solução ao marido: ele propõe se mudar para a casa dos pais dela - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
A esposa grávida é alérgica ao gato…
Dama de honra desabafa sobre o quanto a viagem de despedida de solteira da amiga custou para ela

A esposa grávida é alérgica ao gato e pede uma solução ao marido: ele propõe se mudar para a casa dos pais dela

14 Junho 2022 • Por Roberta Freitas
627
Advertisement

As alergias são hoje uma realidade muito difundida e quem sofre com elas sabe bem como é incômodo, além de impossível, conviver com o que provoca as reações. Seja poeira ou pelos de animais, parece não haver uma solução definitiva, mas certamente é aconselhável tomar alguns cuidados: limpar e tirar bem o pó, ou não ter animais de pelo comprido, por exemplo. Há, então, fases da vida em que as alergias podem se agravar ou mesmo se manifestar pela primeira vez: a gestante protagonista desta história absolutamente não era alérgica ao pelo do seu gato, mas à medida que a gravidez avançava ela desenvolveu essa sensibilidade. O principal problema, porém, é que o marido hesitava em retirar o gato de sua casa, preferindo deixar a esposa em um estado de mal-estar geral.

via: Reddit

A história foi divulgada pelo marido, que pediu aos usuários do Reddit uma opinião externa. O homem tinha um gato há 16 anos e era casado com a esposa há 4. O gatinho sempre morou em casa com o casal, mas com a gravidez, a mulher parecia ter desenvolvido uma alergia muito chata ao pelo do animal. Quando chegou ao sexto mês, a mulher estava exausta e sabia que a causa de seu desconforto era justamente aquele gato, por isso pediu ao marido que encontrasse uma solução.

"Minha esposa quer que eu encontre outro lar para meu gato, mas eu não quero", explicou o homem no Reddit, "ele é velho, ele só conhece minha esposa e eu e essa mudança pode matá-lo".

O homem tentou sugerir soluções alternativas, mas todas levavam a cuidados especiais para o gato e não para a esposa:

"Ofereci uma solução à minha esposa: poderíamos ficar nos pais dela (que moram a 10 minutos de distância e não têm problema em ficarmos no quarto de hóspedes) até o nascimento do bebê e depois, se as alergias persistissem para ela ou para a criança, eu poderia tentar (com muito cuidado) encontrar um novo lar permanente para meu gato. Eu checaria meu gato todos os dias assim" ou "poderíamos levá-lo para o meu irmão, que morou com ele há alguns anos, mas temos que resistir mais duas semanas".

A esposa não queria esperar nem mais um dia, depois do pedido do marido para não mandar o gato embora, e resolveu agir. Afinal, se tratava de sua saúde. “Ontem voltei do trabalho e não consegui encontrar o meu gato”, disse o homem, “perguntei à minha mulher onde ele estava e ela me disse, sem hesitar, que o tinha deixado em um abrigo para animais”.

Advertisement

A esposa grávida teve que explicar repetidamente ao homem que sua solução era forçada, pois sua saúde se deteriorava dia após dia. O homem perturbado foi ao abrigo de animais e descobriu, para seu pesar, que um cachorro havia assustado seu velho gato, levando-o a ter uma parada cardíaca.

Todos nós gostamos muito de nossos amigos peludos, mas existem condições que determinam escolhas difíceis e dolorosas a serem feitas. Apesar do final trágico do gato, de fato, a maioria dos usuários do Reddit não concordou com o homem: "você está escolhendo seu gato em vez de sua esposa grávida e bebê e está causando estresse indevido a ela. O que há de errado com você?".

Que ideia você teve sobre essa história?

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado