Síndrome das pernas inquietas: um distúrbio muito comum e muitas vezes relacionado ao estilo de vida - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Síndrome das pernas inquietas: um distúrbio…
Enfrenta a segunda colina mais íngreme de San Francisco: a pendência é de 38% Queratose Pilar: o distúrbio de causas desconhecidas que pode nos ajudar a identificar a intolerância ao glúten

Síndrome das pernas inquietas: um distúrbio muito comum e muitas vezes relacionado ao estilo de vida

19 Agosto 2017 • Por Roberta Freitas
13.856
Advertisement

Muitas vezes é difícil distinguir entre um incômodo e uma verdadeira e própria doença que precisa de cura. A nuance é muito delicada e as pessoas podem se acostumar com os sintomas que sentem. Você já ouviu falar na síndrome das pernas inquietas? O principal sintoma é a necessidade de mover as pernas, principalmente durante a noite, por causa de uma sensação de formigamento, queimação, dor e pequenos choques. Provavelmente você pensava que fosse ligado ao stress, mas as causas são outras.

via: webmd.com

A síndrome das pernas inquietas se manifesta com desagradáveis sensações nas pernas que criam a necessidade de movê-las sempre.

Geralmente quem sofre com esta doença tem dificuldade para dormir ou continuar dorimindo e pode acontecer também com os braços. Trata-se de uma condição hereditária que aparece antes dos 45 anos e dura por toda a vida: foi observada também em crianças. 

Quem pode sofrer desta doença:

Quem tem doenças crônicas

Quem toma antidepressivos e antialérgicos 

Quem está grávida

Quem consome muito álcool

Quem sofre de insônia

Como se cura:

Pode ser tratada com remédios, mas em muitos casos basta mudar alguns hábitos para aliviar os sintomas.

  • O álcool e a cafeína aumentam o incômodo nas pernas
  • O fumo igualmente
  • Fazer exercícios físicos de 30 a 60 minutos por dia pode aliviar o incômodo.
  • Reduzir o estresse também.

Se você pensa que tem essa síndrome, converse com seu médico, ele saberá a melhor maneira de te ajudar. 

Tags: ÚteisSaúde

Advertisement

Deixe um comentário!

x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado