Se uma pessoa traiu uma vez, é muito provável que trairá de novo: a ciência confirma - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Se uma pessoa traiu uma vez, é muito…
Há mais de 30 anos, este empresário escreve à mão os cartões de felicitações para os funcionários da sua empresa Depois de 16 anos e 18 abortos espontâneos, uma mulher consegue ter um filho com quase 50 anos

Se uma pessoa traiu uma vez, é muito provável que trairá de novo: a ciência confirma

1.786
Advertisement

Há quem diga que a traição seja a outra face do amor. Muitas vezes, quem trapaceia nada faz além de prometer redenção e arrependimento, tranquilizando o parceiro com frases como: "aconteceu, foi uma fraqueza". E assim, muitos decidem tentar novamente, para dar uma segunda chance ao traidor e ao relacionamento.

Frequentemente, essa confiança acaba sendo quebrada novamente, porque a traição se torna uma coisa normal. Não é surpresa para a ciência, uma vez que alguns estudos confirmaram que aqueles que traem uma vez provavelmente o farão novamente.

via: Springer
image: Pixabay

A pesquisa em questão analisou o chamado ESI (Extra- dyadic sexual Involvement) ou, simplesmente, uma pessoa que tem relacionamentos com outras pessoas, além do próprio parceiro ou cônjuge.

O estudo, realizado em 484 indivíduos solteiros que tiveram um relacionamento com alguém pelo menos duas vezes em cinco anos, mostrou que aqueles que já tinham traído no passado tinham três vezes mais chances de serem infiéis na próxima vez.

Já outras pesquisas se concentraram na dinâmica do sentimento de culpa. Em essência, uma pessoa que já traiu uma vez, os tempos subsequentes se sentirão cada vez menos culpados, de modo a perpetuar esses comportamentos com cada vez mais leveza emocional.

image: Unsplash

Isso aconteceria porque, em uma pessoa desonesta, a resposta da amígdala - o conjunto de estruturas cerebrais que gerenciam as emoções - enfraquece, e também os sentimentos envolvidos. Antes de todos, o sentimento de culpa que, dessa maneira, diminui gradualmente.

Em outras palavras, aqueles que já traíram e talvez tenham sofrido de verdade na primeira vez, estarão menos envolvidos na próxima vez e se sentirão menos arrependidos, pois o cérebro se acostumou a não se sentir tão mal da primeira vez. Na prática, mesmo que cada caso e cada parceiro sejam diferentes e nunca seja apropriado generalizar, talvez seja melhor não confiar demais.

Tags: PsicologiaAmor
Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado