Ser desorganizado pode significar ter uma mente saudável e criativa: palavra de uma pesquisa científica - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Ser desorganizado pode significar ter…
Os pacientes deste médico pagam a consulta e os remédios somente se podem Um homem decidiu adotar todos os cães idosos de um refúgio que não conseguiam encontrar uma casa

Ser desorganizado pode significar ter uma mente saudável e criativa: palavra de uma pesquisa científica

Por Roberta Freitas
1.758
Advertisement

Quantas vezes, quando crianças ou adolescentes, nossos pais não ficaram furiosos com a bagunça de nossos quartos? Muitos tiveram que ser "ameaçados" ou colocados de castigo para deixarem seus quartos um pouco mais organizados.

E não se trata apenas de "problemas" da juventude: tantos adultos são incuravelmente desordenados, assim como muitos outros tentam educar seus filhos para serem mais organizados. 

Temos realmente certeza, no entanto, que desordem e caos são sempre e, em qualquer caso, características a serem vistas de maneira negativa? A resposta é não, a julgar por vários estudos sobre o assunto, que até definem a tendência à bagunça como um indicador de boa saúde mental e física. Vamos ver.

image: Pixabay

É óbvio que os ambientes em que nos encontramos todos os dias afetam nosso bem-estar. Seguindo esse princípio, em teoria, uma cada ordenada deve corresponder a maior tranquilidade e bom equilíbrio. No entanto, de acordo com um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Minnesota, esse nem sempre é o caso.

Prestar atenção excessiva e obsessiva à limpeza, ordem e organização de espaços e objetos pode, de acordo com a pesquisa em questão, levar a inconveniências e "ilusões", que podem até limitar o bem-estar psicofísico.

Já quem convive e se sentem à vontade com um ambiente mais ou menos caótico, simplesmente não sente essa ansiedade pela organização, sabendo que, desse caos, poderá tirar inspiração, criatividade e não uma necessidade "compulsiva" de reordenar.

Em última análise, é uma questão de permanecer ou não à mercê de padrões repetitivos de comportamento, bem como de ambientes excessivamente assépticos, ordenados e organizados que, a longo prazo, possam obter o efeito oposto e causar desconforto.

Mais desordem, de acordo com a pesquisa da universidade dos EUA, pode, portanto, significar menos ansiedade e, ao mesmo tempo, mais imaginação: indicadores de um bom estado psicofísico.

Isso não significa, no entanto que, fortalecido por essas convicções, seja necessário viver sempre no caos mais descontrolado. Um pouco de organização, combinada com a necessidade de se preparar para organizar as coisas, sempre pode ser útil em muitas situações. Tudo isso simplesmente não deve se transformar em um vício. Um pouco de "desordem construtiva", portanto, poderia ser útil para tentar acabar com preocupações, ansiedades e nervosismo, dos quais já estamos cheios demais.

Advertisement
Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado