Bombeiro ajuda uma mulher no parto e depois adota a criança: "Sempre quis uma filha" - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
Bombeiro ajuda uma mulher no parto e…
Esta mulher é mãe de oito filhas e avó de 90 netos: na sua família há 6 gerações Ele tem 124 anos e viveu em três séculos diferentes:

Bombeiro ajuda uma mulher no parto e depois adota a criança: "Sempre quis uma filha"

18 Junho 2021 • Por Roberta Freitas
2.100
Advertisement

Quando você assume o papel de bombeiro, você se acostuma a salvar vidas. Marc Hadden, porém, não imaginava que um dia ajudaria uma mãe a dar à luz a uma menina, salvaria sua vida e que a partir desse dia ela se tornaria sua filha. Foi em 14 de novembro de 2011, quando Marc atendeu a uma chamada de emergência de uma mulher que se queixava de fortes dores abdominais. Uma vez lá, Marc fez tudo o que tinha que fazer, sendo uma mulher grávida: ela deu à luz ao bebê e tudo deu certo. Quando a mulher foi levada ao hospital, porém, ela expressamente afirmou que não poderia cuidar da menina e foi nesse momento que Marc levantou a mão para entrar na fila para o processo de adoção. Ele nunca teria imaginado, mas o sonho que tinha com sua esposa de ter uma filha estava prestes a se tornar realidade.

via: People

Marc e sua esposa já tinham dois filhos, mas desejavam ter uma filha. Infelizmente, tendo já tido algumas complicações nas duas primeiras gestações, eles tinham optado pela adoção - um processo muito longo, como sabemos, que nem sempre satisfaz o desejo de maternidade ou paternidade. Quando Marc, naquele dia, ligou para sua esposa Beth para contar que havia ajudado uma menina a nascer, durante uma intervenção como bombeiro, a mulher respondeu brincando: "Podemos ficar com ela?". Ela não imaginava que essa garotinha realmente precisasse de uma nova família amorosa para cuidar dela.

image: Youtube

Quando Beth ouviu a história do resgate com seus próprios ouvidos, ela perguntou a Marc se ela poderia visitar a mãe da menina no hospital. Beth sentiu muita compaixão por essa mulher que já estava lutando para criar um filho adolescente na época: "Trouxe para ela um pequeno livro de orações e perguntei se ela precisava de alguma coisa", disse Beth. Enquanto as duas mulheres conversavam, um médico entrou para informar a mãe que elas estavam prontas para proceder com a adoção e foi nesse momento que disse a frase "mágica" para Beth: "Não posso dar meu bebê para quem eu nunca vi". Naquele momento, Beth disse à mulher que ela e seu marido Marc tinham muita vontade de adotar uma menina, mas que o processo de adoção ainda demoraria e eles não sabiam quando, um dia, poderiam fazer desse desejo umarealidade.

Advertisement

A mulher olhou para ela e respondeu: "Quero que você adote minha filha". Logo depois, ela pegou a pequena Gracie (esse é o nome da menina) e Beth foi capaz de segurá-la. Beth ligou imediatamente para Marc e disse: "Acho que acabamos de ter uma menina". No final daquele dia, o casal havia assinado todos os papéis de custódia temporária e apenas 48 horas após seu nascimento, Gracie pode ir para casa com eles. Hoje ela é uma criança feliz, junto com a sua família.

Para Marc e Beth, ter Gracie foi como ganhar na loteria: "Às vezes, as melhores coisas da vida acontecem em um piscar de olhos e você não pode perdê-las!"

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado