As dores físicas podem estar ligadas ao nosso lado emotivo - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
As dores físicas podem estar ligadas…
Você quer viver mais tempo e com menos problemas? Veja os extravagantes conselhos de alguns centenários A mulher paralisada guia o marido cego: isto sim que é amor!

As dores físicas podem estar ligadas ao nosso lado emotivo

2.102
Advertisement

Embora não estejamos acostumados a pensar nelas como tal, o corpo e a mente são duas entidades intimamente relacionadas. Embora a ciência tenha demonstrado amplamente essa correlação, nossa cultura ainda está fortemente ligada a um pensamento que os define como duas coisas separadas. Esse modo de pensar muitas vezes nos leva a ignorar os sinais que o corpo nos envia quando se trata de dor física causada por razões psicológicas. No entanto, uma emoção forte pode realmente condicionar nosso corpo e acabar sendo a principal causa de uma dor física. A linha divisória entre dor física e dor psicológica é muito sutil, mas é bom aprender a reconhecê-la.

Neste artigo, queremos mostrar os vários tipos de dor física relacionados ao nosso estado emocional:

image: Flickr

Dor muscular: Muitas das dores musculares que sentimos, por exemplo, são frequentemente devidas a um estado de ansiedade e forte estresse acumulado durante a semana. A ansiedade é, de fato, uma das principais causas de dores musculares generalizadas, devido ao fato de que, quando nos sentimos ansiosos, percebemos uma situação de "perigo" e, por essa razão, os músculos se contraem. Se nosso estado de ansiedade permanecer mais longo que o normal, então no final do dia nos sentiremos como se estivéssemos praticando um esporte por muito tempo (infelizmente sem nos beneficiarmos dos benefícios que a atividade física implica!).

Dor no pescoço: dor no pescoço está relacionada ao "perdão". Você está tendo problemas em perdoar alguém ou a si mesmo? Bem, então isso significa que esse forte sentimento de culpa que você arrasta com você pode ser a causa de sua persistente dor no pescoço.

Dor de cabeça: Uma das razões pelas quais podemos ter dores de cabeça repentinas tem a ver com o nosso poder de decisão. Quando confrontados com escolhas difíceis, não podemos pensar com calma e nosso corpo reage enviando-nos certos sinais.

image: Flickr

Dor nas gengivas: quando está ligada a razões psicológicas, a dor na gengiva pode surgir por causa de problemas de insegurança e falta de comprometimento.

Dor de estômago: a dor de estômago, se não se origina de um distúrbio específico, significa que não estamos conseguindo aceitar, ou melhor, "digerir" certos eventos em nossas vidas.

Dores nos ombros: Acontece que, às vezes, nós assumimos os problemas de outras pessoas, mesmo sem perceber. Isso provoca uma sobrecarga emocional que pode levar a dores nos ombros.

Advertisement
image: pixabay

Dor nas costas: Esse tipo de dor pode ter dois significados diferentes, dependendo de onde está exatamente: na parte superior das costas ou na parte baixa. Se a dor percebida está na parte superior, significa que sentimos um vazio emocional, que nos sentimos "abandonados"; se em vez disso, é na parte inferior das costas, então isso significa que temos preocupações financeiras, por isso a condição de sacrifício constante a que estamos sujeitos nos faz sentir dor.

Dor nas mãos: Uma dor que pode significar que você está tentando alcançar algo muito difícil, como se conectar com outras pessoas não muito fáceis. 

image: pixabay

Dor nos dentes: Esse tipo de dor está sempre fortemente ligada ao estresse e aos estados de tensão. Quando nos sentimos assim, tendemos a cerrar nossos dentes, especialmente durante o sono.

Dor no joelho: Talvez estejamos tentando satisfazer mais demandas do que podemos realmente fazer.

Dor no pé: é quando você se sente deprimido e tem uma opinião baixa de si mesmo que esse tipo de dor aparece.

Dor no braço: Talvez você tenha uma carga emocional pesada demais para suportar e isso não permite que você continue sua vida.

Inacreditável quanto o nosso cérebro pode afetar o funcionamento do nosso corpo!

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado