“Peça permissão aos seus filhos antes de trocar suas fraldas”: a opinião da psicóloga levanta uma dura discussão - OlhaQueVideo.com.br
x
Utilizando este site, você aceita o modo no qual utilizamos os cookies para melhorar a sua experiência. Saiba mais Ok
x
“Peça permissão aos seus filhos…
Estas fotos mostram que os pais não podem deixar seus filhos sozinhos nem por um minuto Eles se casaram apesar da opinião contrária de suas famílias: hoje são o casal mais velho do mundo

“Peça permissão aos seus filhos antes de trocar suas fraldas”: a opinião da psicóloga levanta uma dura discussão

Por Roberta Freitas
1.762
Advertisement

Criar e educar os filhos não é uma coisa simples, as dificuldades que todos os pais enfrentam no dia a dia são muitas e certamente nem sempre é fácil poder conciliar serenidade e as tantas coisas a se fazer no dia a dia. As crianças, então, podem viver como imposições ou "abusos" até mesmo coisas que para mães e pais são completamente normais, talvez obrigatórias. É justamente daí que podem surgir os maiores contrastes, tanto na infância como em idade avançada.

A opinião da pedagoga Deanne Carson, sobre métodos educacionais com os pequenos, deu o que falar na web. O que a especialista sugeriu? Segundo ela, os pais devem pedir permissão aos filhos antes de trocarem as fraldas, para que desde cedo possam criar uma "cultura do consentimento" sobre as relações com o próprio corpo.

De acordo com Carson, antes de mudar as fraldas, as mães ou pais deveriam dirigir-se a seus bebês com frases como "Vou mudar você agora, ok?" e depois deixar claro, com a linguagem corporal, que é como se estivessem esperando o consentimento, a resposta. Embora essa resposta não venha, devido à impossibilidade de as crianças se comunicarem na idade adulta, segundo a psicóloga essa atitude pode ser útil para que as crianças aprendam a ter consciência do que acontece com seu corpo.

Um comportamento útil, segundo explicou Carson, também para todos aqueles casos dramáticos de abuso infantil, em que ensinar as crianças a se comportar com o corpo seria uma forma de torná-las mais seguras e conscientes do que está acontecendo.

As declarações da especialista, como costuma acontecer em casos de argumentos tão fortes, deram o que falar na mídia. O "barulho" gerado pelo que ela disse foi realmente grande, e não faltaram pessoas que responderam com ironia e, em alguns casos, até com palavras duras e condenáveis, ao que foi dito. Em muitos também ressaltaram, com razão, que trocar a fralda suja de uma criança é, acima de tudo, uma questão de limpeza e higiene, e nenhum pai deve hesitar em fazê-lo.

As críticas foram tão numerosas que Carson teve que desativar temporariamente suas contas nas redes sociais após as afirmações que fez. Mais tarde, porém, ela decidiu que responderia aos comentários dos usuários. “Algumas pessoas optaram por me ridicularizar, também pela minha aparência - disse ela - mas o trabalho que fazemos para criar consenso em crianças, com crianças, professores e pais é a melhor prática na prevenção de abusos”.

Não temos dúvidas de que o princípio desta sugestão pode ser certamente correto e importante; entretanto, se questiona se, na prática da gestão diária de uma criança, esses métodos são seriamente aplicáveis ​​ou se, de alguma forma, podem até resultar em maior estresse para mães e pais.

Advertisement

Deixe um comentário!

Advertisement
Advertisement
x

Por favor, faça o login para carregar o vídeo

Cadastre-se com Facebook com 2 simples cliques!
(Usamos Facebook somente para que o registro seja mais rápido e NÃO iremos postar nada no seu mural)

Acesse com Facebook

Quer mais coisas como essa?

Curta e não perca os melhores da internet!

×

Já sou fã, obrigado